De formação e desenvolvimento de coleções para gestão de estoques de informação: um panorama da mudança terminológica no Brasil

Elisa Cristina Delfini Correa, Luana Carla de Moura dos Santos

Resumo


Análise do panorama da mudança terminológica de Formação e Desenvolvimento de Coleções para Gestão de Estoques Informacionais na literatura da área e nos cursos de Biblioteconomia no Brasil. Propõe uma reflexão sobre a necessidade de atualização de conceitos para a atividade, demonstrando o atual estado-da-arte do uso do termo “Gestão de Estoques de Informação” em artigos de periódicos eletrônicos da área publicados entre 2000 e 2012 através de sua ocorrência nos títulos, resumos e palavras-chave dos artigos e da avaliação da oferta de disciplinas com a mesma nomenclatura nas escolas de Biblioteconomia Brasileira, analisando suas ementas a fim de identificar novas práticas. Conclui que a literatura não apresenta artigos com o descritor “Gestão de Estoques de Informação”, o que indica uma possível desconexão com a gestão na organização de acervos. Da mesma forma, de um universo de 37 escolas, apenas 5 cursos brasileiros posuem disciplina com essa nomenclatura. Porém, a análise de suas ementas revela a manutenção dos conceitos clássicos de formação e desenvolvimento de coleções. Estes dados indicam a necessidade de uma mudança paradigmática teórico-prática diante das demandas da sociedade contemporânea.

Abstract
Analysis of the landscape of terminological shift Collection Development to Management Informational Storage  in the literature and librarianship courses in Brazil, offering a reflection on the need of updating concepts. Analysis of the use of the term "Management Informational Storage" in articles published journals of the area between 2000 and 2012 through its occurrence in the titles, abstracts and keywords of. Evaluation of offering courses with the same nomenclature in schools of librarianship in Brazil, analyzing their menus in order to identify new practices. The literature shows no articles with the descriptor " Management Informational Storage", which indicates a possible disconnection with management in the organization of collections. Likewise, from an universe of 37 schools, only 5 courses Brazilians has disciplines under that name. However, analysis of their menus reveals the maintenance of the classical concepts of training and development of collections. These data indicate the need for a theory and practice paradigm shift to attend the demands of contemporary society.

Keywords
Collection development. Management informational storage. Librarianship teaching.


Palavras-chave


Formação e desenvolvimento de coleções. Gestão de estoques de informação. Ensino de Biblioteconomia

Texto completo:

PDF

Referências


BELLUZZO, R.C.B. O profissional da informação na era do conhecimento: mediadores e interagentes? São Paulo, 2010. Slides de apresentação no Seminário de Biblioteconomia e Ciência da Informação.

BUONACORE, Domingo. Diccionario de Bibliotecología. 2.ed.aum. Buenos Aires: Ediciones Marymar, 1976.

CHAGAS, J. ; ARRUDA, S.; BLATMANN, U. Interação do usuário na busca de informações. Disponível em: http://www.ced.ufsc.br/~ursula/papers/interacao.html. Acesso em: 10 nov. 2013

FIGUEIREDO, N.M. Desenvolvimento e avaliação de coleções. Brasília: Thesaurus, 1998.

GARCIA-REYES, C. J. Gestíon de unidades de informacíon. In: VERGUEIRO, W.; MIRANDA, A.C.D.(orgs). Administração de unidades de informação. Gramado: FURG, 2007. Cap. 1, p. 11-34.

GUIMARÃES, J.A.C. O Profissional da Informação sob o prisma de sua formação. In: VALENTIM, M.P. (org.) Profissionais da Informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000. Cap. 2, p. 53-69

HOLANDA, C.; NASCIMENTO, A. Bibliotecário: gestor das unidades de informação. In: ENCONTRO REGIONAL DOS ESTUDANTES DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIENCIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO DA REGIÃO SUL, 12., 2010, Porto Alegre. Anais Eletrônicos... Porto Alegre: UFRGS, 2010. Disponível em: http://rabci.org/rabci/node/127. Acesso em: 09 jul. 2012.

LANCASTER, F.W. Avaliação de serviços de bibliotecas. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

LUNARDELLI, R.S.A. Usuários ou clientes de bibliotecas? Uma reflexão do ponto de vista da lexicologia. Disponível em: http://www.ofaj.com.br/textos_conteudo.php?cod=134. Acesso em: 10 nov. 2013

MACIEL, A.C.; MENDONÇA, M.A.R. Bibliotecas como organizações. Rio de Janeiro: Interciência, 2000.

McGARRY, K. O conceito dinâmico da informação: uma análise introdutória. Brasilia: Briquet de Lemos/Livros, 1999.

MOREIRA, A.D. Administração da produção e operações. 3. Ed. Roteiro adaptado. Disponível em: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CE4QFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.grupos.com.br%2Fgroup%2Ffacear_engenharia%2FMessages.html%3Faction%3Ddownload%26year%3D10%26month%3D5%26id%3D1274819181215281%26attach%3DCONTROLE%2520ESTOQUE_DM.doc&ei=NEH4T8aZLYi08ATbwqX4Bg&usg=AFQjCNHlBcQiIuhA3qptsfqmrn1oJjucYQ&sig2=Wx4PN6GRtMw1fnFPSMo09Q Acesso em: 07 jul 2012.

PRIMO, A.. Enfoques e desfoques no estudo da interação mediada por computador. Limc, n. 45, 2005. Disponível em: http://smeduquedecaxias.rj.gov.br/nead/Biblioteca/Forma%C3%A7%C3%A3o%20Continuada/Tecnologia/cibercultura/Enfoques%20e%20desfoques%20no%20estudo%20da%20intera%C3%A7%C3%A3o%20mediada%20por%20computador.pdf Acesso em: 10 nov. 2013.

SCHARNBERG, J.M.R.; STREHL, L. Introdução à política de desenvolvimento de coleções como atividade de planejamento bibliotecário. 2012. Slides de aula da disciplina Pesquisa e Desenvolvimento de Coleções. Disponível em: http://www.slideshare.net/leticia.strehl/2-desenvolvimento-de-colees-poltica. Acesso em: 10 nov. 2013.

SOUZA, F.C. O ensino da biblioteconomia no contexto brasileiro: século XX. 2. ed. Revista. Florianópolis: UFSC, 2009.

VALENTIM, M.P. (org.) Profissionais da Informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000.

VERGUEIRO, W.de C.S. Desenvolvimento de coleções: uma nova visão para o planejamento de recursos informacionais. Brasília, Ciência da Informação, v.22, n.1, 1993.

LIMA, I.F, SOUZA, R.R.; DIAS, G.A. Interatividade e usabilidade em bibliotecas digitais no processo ensino-aprendizagem. DGZ, v.13, n.3, jun. 2012. Disponível em: http://www.dgz.org.br/jun12/Art_03.htm. Acesso em: 10 nov.2013




DOI: http://dx.doi.org/10.20396/rdbci.v13i2.8634631

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 RDBCI

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

(c) RDBCI: Rev. Digit. Bibliotecon. Cienc. Inf. / RDBCI : Digit. J. Libr. and Inf. Sci., Campinas (SP) - ISSN 1678-765X.