Conhece as normas ABNT para artigos científicos e produza um trabalho nota 10

Conhece as normas ABNT para artigos científicos e produza um trabalho nota 10

Everton Martins

Os artigos científicos têm diferentes padrões a serem seguidos e muitas vezes decorar todas as regras específicas pode ser maçante e problemático. O principal problema em se trabalhar com as normas ABNT é justamente esse: as regras variam e muitas vezes é confuso entender quais são aplicadas.

Diferenças entre artigo científico e monografia

Uma monografia é um trabalho relacionado a uma fase da carreira acadêmica, que será avaliado para descobrir se o aluno em questão está apto a receber o título da fase seguinte. Esse trabalho pode ser o TCC, a dissertação de mestrado ou a tese de doutorado. Em cada caso, existem diferentes regras a serem seguidas em termos de elementos textuais obrigatórios, mas a função final do trabalho é sempre de demonstrar a conclusão de um estudo.

Enquanto isso, o artigo científico é um trabalho referente a uma pesquisa esporádica, feita para um evento ou para uma publicação gráfica como uma revista ou livro, apesar de que a maioria dos trabalhos do tipo normalmente são primeiro escritos e depois se decide o seu destino. Como tal, ele tem regras de tamanho estabelecidas pelo órgão responsável pelo evento ou publicação.

Enquanto o trabalho acadêmico que não é um TCC ou semelhante tem como obrigação constatar o máximo de informações relevantes em relação a sua pesquisa em um espaço reduzido, os trabalhos de conclusão tem que demonstrar dentro de si os dados mais relevantes para a banca. Dessa forma, os primeiros podem ser mais concisos enquanto os últimos devem ser mais completos.

Diferentes tipos de trabalhos acadêmicos

O artigo científico é apenas um dos vários tipos de trabalhos acadêmicos possíveis, e cada um deles respeita uma diferente regra da ABNT.

Temos, por exemplo, o pôster científico, que é amplamente usado para apresentação em eventos de iniciação científica e outras exposições. Da mesma forma que os artigos, eles estão relacionados a eventos, mas seguem outras regras.

O artigo científico, em si, é um estudo de caso. Enquanto muitos artigos podem ser considerados monográficos e muitos trabalhos de conclusão de curso possam ser apresentados para eventos e publicações com algumas pequenas edições, existem os TCCs que caem na classificação de relatórios, tendo assim um aspecto mais descritivo e menos conclusivo.

Dicas para não errar na hora de aplicar as normas ABNT

A principal regra para saber quais são as normas ABNT a serem seguidas no trabalho que você está fazendo é a de ter a certeza de qual é o tipo de texto acadêmico que você está trabalhando desde o primeiro momento.

Pode parecer simples, mas é muito comum que se descubra no meio do caminho que o tipo de trabalho sendo realizado na verdade se encaixa melhor em outra classificação. Nesse caso, talvez seja necessário realizar alterações na formatação do trabalho, um processo no qual alguns erros podem acabar sendo deixados para trás.

Para evitar esse problema, converse com seu orientador ou com um professor de confiança antes de começar a redigir. Tente ser o mais explícito possível e falar sobre cada aspecto do que pretende escrever, perguntando por fim em qual tipo de trabalho ele acredita que o seu esforço se encaixa.

Outra questão relevante é manter-se atualizado com relação ao que é exigido do seu trabalho por parte de todos os órgãos que tem algo a dizer na questão. Isso inclui principalmente a ABNT, mas também devem ser levados em conta as guias decididas pela sua universidade (em caso de um TCC ou semelhante), comitê organizador (em caso de eventos) ou guia editorial (no caso de uma publicação acadêmica).

Isso exigirá, muitas vezes que o seu trabalho apresente diferentes versões para diferentes funções. Dificilmente a sua dissertação de mestrado estará dentro do tamanho e necessidades apresentados por um comitê organizador. Isso não significa que você não pode aproveitar nada do seu texto original para a versão a ser publicada, apenas que algumas diferenciações devem ser feitas.

Por fim, tome cuidado para não tirar a prioridade do que realmente é importante. As diferentes regras a serem aplicadas são essenciais para que o leitor possa compreender o que foi feito, mas é importante que você se dedique ao conteúdo mais do que à forma. Uma forma de conseguir se dedicar mais ao que é realmente importante e conseguir realizar um trabalho acadêmico dentro das normas é usar o Mettzer, um editor de texto especializado que irá poupar seu tempo e evitar os erros ao apresentar os devidos templates para cada tipo de trabalho.

Referências

MARTINS, Everton. Conhece as normas ABNT para artigos científicos e produza um trabalho nota 10. Blog Mettzer, 2018, maio. Disponível em: <https://blog.mettzer.com/normas-abnt-artigos-cientificos/>.  Acesso em: 15 maio de 2018.

Como citar esse post:

MARTINS, Everton. Conhece as normas ABNT para artigos científicos e produza um trabalho nota 10. Blog PPEC, Campinas, v.5, n.1, maio. 2018. ISSN 2526-9429. Disponível em: <http://periodicos.sbu.unicamp.br/blog/index.php/2018/05/15/abnt/>.  Acesso em: dia mês abreviado ano.

One thought on “Conhece as normas ABNT para artigos científicos e produza um trabalho nota 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.