Azerêdo, S. (2016) “A ânsia, o sino e a transversalidade na relação entre empregadas e patroas”, Cadernos Pagu. Campinas, SP, (19), p. 323–334. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644590 (Acessado: 24 maio 2024).