[1]
P. T. M. Costa, “A construção da masculinidade e a banalidade do mal: outros aspectos do trabalho escravo contemporâneo”, Cad. Pagu, nº 31, p. 173-198, abr. 2016.