[1]
C. Klein e D. E. Meyer, “Mulheres-visitadoras, mulheres voluntárias, mulheres da comunidade: o conhecimento como estratégia de diferenciação de sujeitos de gênero*”, Cad. Pagu, nº 45, p. 427-455, abr. 2016.