A produção de textos em material didático e em contexto avaliativo: considerações sobre o ethos discursivo

Palavras-chave: ethos discursivo, produção de texto, Ensino Médio

Resumo

Este artigo propõe-se discutir a presença da noção de ethos em atividades relacionadas à escrita: propostas de redações de vestibular, redações de vestibular e propostas de escrita em manual didático voltado para o Ensino Médio. Mais especificamente, buscamos observar a produtividade da noção quando integra implicitamente as instruções de escrita na etapa de escolarização que antecede o vestibular e quando subjaz às manobras linguístico-textuais operadas por candidatos em função das orientações de escrita presentes na prova de redação do vestibular Unicamp. A noção não se explicita na voz dos autores de materiais didáticos ou na da banca de elaboração de provas, mas pode contribuir para a qualidade da produção textual nesses contextos, como a análise das redações produzidas pelos candidatos busca apontar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcela Franco Fossey, Universidade Estadual de Campinas
Doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil(2011)
Marina Celia Mendonça, Universidade Estadual Paulista - Araraquara
Doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil(2006)
Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho , Brasil

Referências

ALVES, Roberta Hernandes; MARTIN, Vima Lia. Veredas da Palavra. Manual do Professor. São Paulo, Ática, 2016. v. 1. 357p.

BRASIL. Ministério da Educação. PNLD 2018: língua portuguesa – guia de livros didáticos – Ensino Médio/ Ministério da Educação – Secretária de Educação Básica – SEB – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretária de Educação Básica, 2017. 109 p.

CAVALCANTI, Jauranice Rodrigues. No “mundo dos jornalistas”: interdiscursividade, identidade, ethos e gêneros. Tese de Doutorado em Linguística. Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp, Campinas, 2006.

CAVALCANTI, Jauranice Rodrigues. Professor, leitura e escrita. São Paulo: Contexto, 2010.

COMVEST. Redações do Vestibular Unicamp 2018. Pró-Reitoria de Graduação e Comissão Permanente para os Vestibulares (orgs.). Campinas: Editora da Unicamp, 2018.

GERALDI, João Wanderley. (Org.) O texto na sala de aula: leitura & produção. 2.ed. Cascavel: Assoeste, 1984.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas tendências em Análise do discurso. Tradução: Freda Indursky. 2.ed. Campinas: Pontes/Unicamp, 1993.

GERALDI, João Wanderley . Análise de textos de comunicação. Trad. Cecília P. de Souza-e-Silva, Décio Rocha. São Paulo: Cortez, 2001.

GERALDI, João Wanderley. Gênese dos discursos. Trad. Sírio Possenti. Curitiba: Criar Edições, 2005a.

GERALDI, João Wanderley. Ethos, cenografia, incorporação. Tradução de Sírio Possenti. In: AMOSSY, R. (org.) Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Editora Contexto, 2005b, pp. 69-92.

GERALDI, João Wanderley. Discurso literário. Trad. Adail Sobral. São Paulo: Contexto, 2006.

MIQUELETTI, Fabiana. Discurso, tom e caráter: uma análise do ethos tucano. Dissertação de Mestrado em Linguística. Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp, Campinas, 2002.

POSSENTI, Sírio. Indício de autoria. Perspectiva, v. 20, n. 01, 2002, p. 105-124.

SALGADO, Luciana. Um ethos para Hércules: produção dos sentidos e tratamento editorial de textos. In: MOTTA, Ana Raquel; SALGADO, Luciana (orgs). Ethos discursivo. São Paulo: Contexto, 2008.

XXXXXXXXX, 2018.

Publicado
2019-07-11
Como Citar
Fossey, M. F., & Mendonça, M. C. (2019). A produção de textos em material didático e em contexto avaliativo: considerações sobre o ethos discursivo. Cadernos De Estudos Lingüísticos, 61, e019019. https://doi.org/10.20396/cel.v61i0.8655210
Seção
Dossiê Ethos discursivo em diversas dimensões