As três semióticas e a educação física como linguagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v19i1.8661420

Palavras-chave:

Semiótica, Linguagem, Comunicação, Educação física escolar

Resumo

Objetivo: Apresentar as contribuições da Semiótica para a Educação Física escolar. Método: Para tal, sintetiza os fundamentos das três correntes desta ciência da linguagem (estruturalismo, semiótica da cultura, pansemiótica). Resultados e conclusões: A partir delas indica possíveis inferências, relações e repercussões para a Educação Física Escolar, entendida como prática de linguagem e como comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauro Betti, Universidade Estadual Paulista

Livre-Docência pela Universidade Estadual Paulista. Pós-doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor Adjunto do Departamento de Educação Física da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista, campus de Bauru. Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista de Presidente Prudente. 

Referências

BAITELLO JUNIOR, Norval. O animal que parou os relógios: ensaios sobre comunicação, cultura e mídia. São Paulo: Annablume, 1999.

BENVENISTE, Émile. Problemas de linguística geral. Campinas: Pontes, 1989.

BETTI, Mauro. O que a semiótica inspira ao ensino da educação física. Discorpo, São Paulo, n. 3, p. 25-45, 1994.

BETTI, Mauro. Educação física e cultura corporal de movimento: uma perspectiva fenomenológica e semiótica. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 18, n. 2, p. 207-217, dez., 2007. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3277/2343. Acesso em: 25 ago. 2020.

BETTI, Mauro. A versão final da Base Nacional Comum Curricular da educação física (ensino fundamental): menos virtudes, os mesmos defeitos. Revista Brasileira de Educação Física Escolar, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 156-175, 2018.

BETTI, Mauro; GOMES-DA-SILVA, Pierre Normando; GOMES-DA-SILVA, Eliane. Uma gota de suor e o universo da Educação Física: um olhar semiótico para as práticas corporais. Kinesis, Santa Maria, v. 31, n. 1, p. 91-106, jun. 2013. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/kinesis/article/view/10051/6043. Acesso em: 12 set. 2020.

BETTI, Mauro; GOMES-DA-SILVA, Pierre N. Corporeidade, jogo, linguagem: a educação física nos anos iniciais do ensino fundamental. São Paulo: Cortez, 2019.

BRASIL, Ministério da Educação. Base nacional comum curricular: educação é a base. Brasília-DF: Ministério da Educação, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 26 jul. 2020.

BYSTŘINA, Ivan. Cultura e devoração: as raízes da cultura e a questão do realismo e do não-realismo dos textos culturais. Palestra proferida no Programa da Pós-graduação em Comunicação e Semiótica da PUC-SP em 12 out.1990. In: CENTRO INTERDISCIPLINAR DE SEMIÓTICA DA CULTURA E MÍDIA. Disponível em: https://www.cisc.org.br/portal/jdownloads/BYSTRINA%20Ivan/cultura_e_devorao.pdf.

Acesso em: 25 set. 2020.

CARMO JÚNIOR, Wilson do. Educação Física e a ciência: qual ciência? Motriz, Rio Claro, v. 4, n. 1, p. 44-51, 1998.

CHAUÍ, Marilena. Vida e obra. In: HUSSERL, Edmund. Edmund Husserl. São Paulo: Nova Cultural, 2000. p. 5-12.

FERRARA, Lucrécia D'Aléssio. Epistemologia da comunicação: além do sujeito e aquém do objeto. In: SEMINÁRIO INTERPROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO, 3., 2002, São Paulo. Anais... São Paulo: Universidade de São Paulo, Escola de Comunicação e Artes, 2002. p. 1-16.

GOMES-DA-SILVA, Eliane. Educação física infantil: a experiência do se-movimentar. Ijuí: Ed. Unijuí, 2010.

GOMES-DA-SILVA, Eliane. Movimento e educação infantil: uma pesquisa-ação na perspectiva semiótica. 2012. 210 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

GOMES-DA-SILVA, Pierre. O jogo da cultura e a cultura do jogo: por uma semiótica da corporeidade. João Pessoa: Ed. UFPB, 2011.

GOMES-DA-SILVA, Pierre; SOUSA-CRUZ, Rodrigo Wanderley; ARRUDA, Emerson Pereira de Souza. Entre o lance e a chance: lógica interna numa final de badminton. Motrivivência, Florianópolis, v. 31, n. 58, p. 01-19, abr./jul. 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2019e56349/40201. Acesso em: 23 ago. 2020.

GOMES-DA-SILVA, Eliane, SANT'AGOSTINO, Lúcia Helena Ferraz, BETTI, Mauro. Expressão corporal e linguagem na Educação Física: uma perspectiva semiótica. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 4, p. 29 -38, 2005. Disponível em: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1307/1014. Acesso em: 11 maio 2020.

GOMES-DA-SILVA, Pierre Normando; BETTI, Mauro; GOMES-DA-SILVA, Eliane. Semiótica In: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo. Dicionário crítico de Educação Física. 3. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2014.p. 603-608.

GREIMAS, Algirdas J.; COURTÉS, Joseph. Dicionário de semiótica. São Paulo: Cultrix, 1983.

HJELMSLEV, Louis. Prolegômenos a uma teoria da linguagem. São Paulo: Perspectiva, 1975.

IBRI, Ivo Assad. Kósmos Noetós: a arquitetura metafísica de Charles S. Peirce. São Paulo: Perspectiva, Hólon, 1992.

JAKOBSON, Roman. Lingüística e comunicação. São Paulo: Ed. Cultrix, EDUSP, 1969.

KIRCHOF, Edgar Roberto. Yuri Lotman e semiótica da cultura. Prâksis - Revista do ICHLA, Novo Hamburgo, v. 2, p. 63-72, dez. 2010.

MERREL, Floyd. A semiótica de Charles S. Peirce hoje. Ijuí: Ed. Unijui, 2012.

NÖTH, Winfried. A semiótica no século XX: de Platão a Peirce. São Paulo: Annablume, 1995.

PARLEBAS, Pierre. Juegos, deporte y sociedad: léxico de praxiologia motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica e filosofia. São Paulo: Cultrix, Edusp, 1972.

PEIRCE, Charles Sanders. Charles Sanders Peirce: escritos coligidos. São Paulo: Abril Cultural, 1974. (Coleção Os Pensadores, 36)

PEIRCE, C.S. Semiótica. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1990. (Coleção Estudos, 46).

PIGNATARI, Décio. Semiótica e Literatura: icônico e verbal, oriente e ocidente. São Paulo: Cortez & Moraes, 1979.

PIGNATARI, Décio. Signagem da televisão. São Paulo: Brasiliense, 1984.

ROMANINI, Vinicius. A contribuição de Peirce para a teoria da comunicação. CASA - Cadernos de Semiótica Aplicada, Araraquara, v. 14, n. 1, 2016, p. 13-56.

SANTAELLA, Lucia. O que é semiótica. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SANTAELLA, Lucia. Semiótica aplicada. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de lingüística geral. São Paulo: Cultrix, 1977.

SILVEIRA, Lauro Frederico Barbosa. Subsídios para um retrato de Charles Sanders Peirce. In: PARLATO, E. M.; SILVEIRA, L. F. B. O sujeito entre a língua e a linguagem. São Paulo: Lovise, 1997. p. 87-92.

Downloads

Publicado

2021-06-10

Como Citar

BETTI, M. As três semióticas e a educação física como linguagem. Conexões, Campinas, SP, v. 19, n. 1, p. e021021, 2021. DOI: 10.20396/conex.v19i1.8661420. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8661420. Acesso em: 20 set. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ: Educação Física, Linguagem e Corpo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)