Conexões https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes <p><strong>Escopo</strong>: A revista <em><strong>Conexões</strong></em> é um periódico científico de publicação contínua de volumes anuais, editado pela Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, Brasil. A missão da revista Conexões é divulgar a produção científica em Educação Física e áreas correlatas, objetivando contribuir com a discussão e o desenvolvimento do conhecimento na área. A revista aceita submissão de textos produzidos por profissionais e pesquisadores de todas as áreas envolvidas com as temáticas da atividade física, das práticas corporais e do esporte.<br /><strong>Qualis</strong>: B3<br /><strong>Área do conhecimento</strong>: Ciências da Saúde.<br /><strong>Ano de fundação</strong>: 1998<br /><strong>ISSN</strong>: 1983-9030<br /><strong>Título abreviado</strong>: Conexões<em><br /></em><strong>E-mail</strong>: <a title="E-mail" href="https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/management/settings/context#masthead/mailto:conexoes@fef.unicamp.br" target="_blank" rel="noopener">conexoes@fef.unicamp.br</a><br /><strong>Unidade</strong>: <a title="FEF" href="http://www.fef.unicamp.br/fef/" target="_blank" rel="noopener">FEF</a><br /><strong>Prefixo DOI</strong>: 10.20390<br /><a title="CC-BY-NC" href="https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/" target="_blank" rel="noopener"><img src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc/4.0/80x15.png" alt="Licença Creative Commons" /></a></p> Universidade Estadual de Campinas pt-BR Conexões 1983-9030 <p>O periódico <strong>Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde</strong> utiliza a licença do <a href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0">Creative Commons (CC)</a>, preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.</p> Desafios e reflexões na Educação Física contemporânea https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8666059 <p>Este artigo expressa a entrevista realizada com o professor português Dr. Jorge Olímpio Bento, uma das grandes referências acadêmicas acerca da Pedagogia do Esporte, uma das disciplinas das Educação Física. O entrevistado é licenciado em Educação Física, Doutor em Educação e foi, durante 40 anos, docente da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (Portugal). O objetivo do registro passou por compreender sua trajetória acadêmica, em meio aos imbricamentos e acontecimentos provenientes de sua engajada participação e profícua produção intelectual, que impactaram a área da Educação Física e do Esporte, tendo por base o livro “Desporto: discurso e substância”. Ainda, buscou inspirar e guiar reflexões pedagógicas às novas gerações de professores e professoras de Educação Física e Esporte, visando a superação de questões paradigmáticas ainda hegemônicas nestas áreas, bem como o desenvolvimento e consolidação de caminhos outros, pavimentados pela ciência, por estudos e pesquisas recentes, que norteiam – ou deveriam - vindouras e urgentes transformações nas relações de ensino-aprendizagem.</p> Alcides José Scaglia Paulo Cesar Montagner Luis Felipe Nogueira Silva Copyright (c) 2021 Conexões https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-17 2021-06-17 19 e021027 e021027 Agradecimento aos Pareceristas (2020 – 2021) https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8666038 <p>Apresentamos a lista de pareceristas <em>ad hoc</em> que contribuíram com a Revista Conexões, através de sistema duplo cego, avaliando artigos no decorrer do período 2020-2021. Sem o trabalho voluntário de pesquisadores e pesquisadoras, nosso periódico não poderia ter êxito na sua missão institucional de fomento ao debate acadêmico da Educação Física. </p> Andreia Manzato Moralez Edivaldo Góis Junior Copyright (c) 2021 Andreia Manzato Moralez, Edivaldo Góis Junior https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-14 2021-06-14 19 e021046 e021046 10.20396/conex.v19i1.8666038 Os desafios da educação física em tempos de ataques à educação https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8665896 <p>Trata-se de um dossiê cujo objetivo é discutir a relação entre a Educação Física, escolas e políticas educacionais em jogo de forças que envolve o Estado, a sociedade civil e o mercado. &nbsp;Reúne artigos originais e relatos de experiência oriundos de diversas universidades brasileiras. Analisa a temática a partir de um olhar sobre a escola moderna que permite constatar que de tempos em tempos acirram-se as disputas para afirmar a função da educação física escolar na sociedade.</p> Marcos Garcia Neira Mario Luiz Ferrari Nunes Copyright (c) 2021 Marcos Garcia Neira, Mario Luiz Ferrari Nunes https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e020026 e020026 10.20396/conex.v19i1.8665896 Educação física, corpo e linguagem https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8665843 <p>Trata-se de um dossiê cujo objetivo é discutir a relação entre a EF, o corpo e a linguagem. Reúne artigos escritos por colegas da Espanha, do Chile e do Brasil. Analisa a temática desde perspectivas teóricas e metodológicas diversas, todas elas empenhadas em garantir centralidade ao corpo no processo de elaboração do conhecimento e na própria linguagem.</p> Felipe Quintão de Almeida Alberto Moreno-Doña Copyright (c) 2021 Felipe Quintão de Almeida, Alberto Moreno-Doña https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e021017 e021017 10.20396/conex.v19i1.8665843 A palavra é um certo lugar do meu mundo linguístico https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8665342 <p><strong>Introdução:</strong> Onde se situaria o lugar da palavra no mundo linguístico? O artigo ensaia passos que acompanham o movimento das ideias de Merleau-Ponty (1908-1961), considerando a fenomenologia da percepção, a estesiologia e a fabricação de uma ontologia indireta para afirmar o lugar do corpo na linguagem e na expressão. <strong>Objetivo:</strong> O objetivo principal é apresentar as relações entre corpo e linguagem como integrantes de uma filosofia expressiva por meio do corpo estesiológico, da intercorporeidade e do logos estético. <strong>Método:</strong> Trata-se de uma estudo filosófico de textos de Merleau-Ponty tais como livros, resumos de cursos proferidos no <em>Collège de France</em> e notas de trabalho, no período de 1942 a 1961. <strong>Resultados:</strong> Assim, podemos afirmar com Merleau-Ponty que a linguagem não é uma vestimenta do pensamento; bem como podemos perceber um significante corpóreo ou uma quase-corporeidade da palavra. <strong>Considerações Finais:</strong> A leitura desses textos nos convida a ensaiar movimentos em direção a uma linguagem falante que convoca o outrem e que configura um logos estético capaz de expressar, de inventar, de abrir horizontes para a vida e para o conhecimento.</p> Terezinha Petrucia da Nóbrega Copyright (c) 2021 Terezinha Petrucia da Nóbrega https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e021022 e021022 10.20396/conex.v19i1.8665342 Os Caminhos para uma ciência aberta na Educação Física https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8663386 <p>A revista <em>Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde, </em>nos últimos anos, colocou seu nome no mapa dos pesquisadores de pós-graduação em Educação Física no Brasil, e mais recentemente alcançou pesquisadores e leitores na América Latina e em alguns países europeus, em especial, os ibéricos. No texto, a revista reforça seu forte compromisso com o acesso aberto e a ciência aberta.</p> Edivaldo Góis Junior Copyright (c) 2020 Conexões https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2020-11-28 2020-11-28 19 e020045 e020045 10.20396/conex.v18i0.8663386 Linguagem, corpo e educação física https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8662114 <p><strong>Introdução</strong>: O artigo trata da linguagem e seus entrelaçamentos com o tema do corpo e a responsabilidade pedagógica da Educação Física no interior da Área de Linguagens. <strong>Metodologia:</strong> Referenciado em uma perspectiva crítico-hermenêutica de natureza bibliográfica, recupera conceitos fundantes da cultura ocidental, tais como <em>physis, logos, pathos</em>, e recorre aos marcos legais da Educação Básica no Brasil. <strong>Resultados e discussão</strong>: Reconhece, nas objetificações em situações práticas vinculadas aos sentidos, a dignidade das diferentes formas de linguagem. Não se limitando ao universo de uma razão cientificista, nem à imediatidade dos impulsos sensíveis, sustenta que as linguagens que nos constituem humanos estão tensionadas entre <em>logos</em> e <em>pathos</em>. Referindo-se à especificidade da área das linguagens, destaca o caráter formativo destas, ao dar espaço para que aflorem os canais da sensibilidade para além do cognitivo-conceitual. <strong>Considerações finais:</strong> Afirma o corpo como a base do nosso entendimento e compreensão de mundo, o que exige uma razão mundana que dialogue com os contextos e que seja capaz de construir um mundo comum. Aposta que o conhecimento, emergente das experiências de linguagens, permite um saber ético-estético, expressivo e reflexivo, em uma relação de pertencimento e estranhamento com a tradição.</p> Paulo Evaldo Fensterseifer Maria Regina Johann Copyright (c) 2021 Paulo Evaldo Fensterseifer, Maria Regina Johann https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e021023 e021023 10.20396/conex.v19i1.8662114 Dialogando com o corpo na aula de educação física https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8661499 <p><strong>Objetivo:</strong> Discussão Corporal Dialógica como metodologia de trabalho na sala de aula de Educação Física é o tema deste artigo. <strong>Método:</strong> Com base nos fundamentos da aprendizagem dialógica colocada em ação nas Comunidades de Aprendizagem e suas ações bem sucedidas, criamos uma adaptação do talk show utilizado nelas para aproximar o corpo das crianças da educação básica, a partir de posições reflexivas e críticas, ajudando-as a construir sua corporeidade com o outro a partir de uma perspectiva social. <strong>Resultados:</strong> Uma vez analisadas as bases que sustentam a proposta, explicaremos seus fundamentos e as fases que a desenvolvem, analisando posteriormente os aspectos-chave de uma experiência realizada em sala de aula, a partir da análise dos discursos que as crianças constroem no âmbito da discussão do diálogo corporal. <strong>Considerações Finais:</strong> Por último, entendemos importante que a Educação Física se abra ao diálogo e questione os modelos diretivos que a colonizam.</p> Francisco Javier Giles-Girela Enrique Rivera García Carmen Trigueros Cervantes Copyright (c) 2021 Francisco Javier Giles-Girela, Enrique Rivera García, Carmen Trigueros Cervantes https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e021020 e021020 10.20396/conex.v19i1.8661499 La ciencia de la acción motriz https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8661500 <p>Este texto é uma resenha do livro "A ciência da ação motora", coordenado pelo Dr. Francisco Lagardera e Dr. Pere Lavega, que inclui um conjunto de textos de grande relevância para a fundamentação e divulgação desta Ciência. O livro tem três seções. No primeiro, o leitor encontra obras de popularização e aplicação em torno dos jogos tradicionais, da prática do parapente e da educação física. Todos eles sob a perspectiva da praxiologia motriz. A segunda parte apresenta experiências da aplicação da mesma visão em diversas áreas, como treinamento, educação física e atividades na natureza. Finalmente, a terceira parte inclui alguns dos mais importantes documentos produzidos e apresentados em diferentes contextos científicos, a fim de demonstrar a seriedade e produtividade desta ciência da praxiologia motora. Esta resenha é um reconhecimento a um trabalho produzido num momento crucial, desencadeado pela investidura de Pierre Parlebas como Doutor “Honoris Causa” pela Universidade de Lleida e que reuniu um grupo relevante de investigadores nesta área do conhecimento.</p> Conxita Duran Delgado Rosa Rodríguez-Arregi Copyright (c) 2021 Conxita Duran Delgado, Rosa Rodríguez-Arregi https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e021016 e021016 10.20396/conex.v19i1.8661500 Organismo, corpo e linguagem na educación corporal https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8661452 <p><strong>Objetivo:</strong> Neste artigo, discuto a relação entre a linguagem e o corpo na Educação Corporal. <strong>Método</strong>: Para tanto, analiso os escritos de Ricardo Crisorio, da Universidade de La Plata (Argentina), e Raumar Rodríguez Giménez, da Universidade da República (Uruguai), considerados como os dois mais importantes representantes daquela orientação em seus países. <strong>Resultados</strong>: Após oferecer uma descrição de suas perspectivas, reflito sobre dificuldades e desafios que a acometem. <strong>Considerações Finais:</strong> Com isto, tenho a oportunidade também de discutir outra compreensão a respeito da relação entre a linguagem e o corpo na Educação Física.</p> Felipe Quintao de Almeida Copyright (c) 2021 Felipe Quintao de Almeida https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2021-06-10 2021-06-10 19 e021019 e021019 10.20396/conex.v19i1.8661452