1.
Loureiro B. O ativismo de rappers e o “progresso intelectual de massa”: uma leitura gramsciana do rap no Brasil. Rev. HISTEDBR On-line [Internet]. 20º de outubro de 2017 [citado 2º de fevereiro de 2023];17(2):419-47. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8645849