Participação política e movimentos sociais no Brasil contemporâneo

Autores

  • Camila Gonçalves de Mario Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro
  • Thiago Aparecido Trindade Universidade de Brasília
  • Francisco Mata Machado Tavares Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.20396/ideias.v9i1.8652971

Palavras-chave:

Ciência política. Sociologia política.

Resumo

O debate acadêmico sobre as formas de participação política transcendentes ao âmbito eleitoral no Brasil experimentou uma eclética e consistente trajetória nos últimos quarenta anos. Há ensaios, interpretações, levantamentos exploratórios, análises, polêmicas e sínteses em dimensão digna de permitir abalizadas compreensões sobre elementos culturais, econômicos e político-institucionais da sociedade brasileira sob o prisma dos episódios, eventos, processos e repertórios de ação coletiva e de engajamento político cujo motor principal não se atém à dinâmica dos partidos e das eleições. Sob os riscos e incompletudes inerentes às classificações de ordem cronológica, é possível identificar-se, neste caminho, três grandes momentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Gonçalves de Mario, Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro

Doutora em Ciências Sociais pela Unicamp

Thiago Aparecido Trindade, Universidade de Brasília

Doutor em Ciências Sociais pela Unicamp

Francisco Mata Machado Tavares, Universidade Federal de Goiás

Doutor em Ciência Política pela UFMG

Referências

ABERS, R.; SERAFIM, L. TATAGIBA, L. Repertórios de interação Estado-Sociedade em um estado heterogêneo: a experiência na era Lula. Dados, v. 57, n. 2, p. 325-57, 2014.

AVRITZER, L. (org.). Experiências Nacionais de Participação Social. São Paulo: Cortez, 2009.

AVRITZER, L. (org.). A Dinâmica da Participação Local no Brasil. São Paulo: Cortez, 2010.

AVRITZER, L. Impasses da democracia no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

AVRITZER, L. Participation in democratic Brazil: from popular hegemony and innovation to middle-class protest. Opinião Pública, v. 23, n. 1, p. 43-59, 2017.

DAGNINO, E. Construção Democrática, Neoliberalismo e Participação: os dilemas da confluência perversa, Política e Sociedade, v. 3, n. 5, p. 139-164, 2004. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/politica/article/view/1983. Acesso em: 15 de julho de 2018.

PODESTÁ, E. G. Junho de 2013: o impacto das ruas na Ciência Política brasileira. Dissertação (mestrado), Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-graduação em Ciência Política, Goiânia, 2017.

SADER, E. Quando Novos Personagens Entraram em Cena. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001.

TATAGIBA, L.; TRINDADE, T. A.; TEIXEIRA, A. C. C. Protestos à direita no Brasil (2007-2015). In: VELASCO E CRUZ, S.; KAYSEL, A.; CODAS, G. (orgs.). Direita, Volver! O retorno da direita e o ciclo político brasileiro. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2015.

TEIXEIRA, A. C. C. Para além do voto: uma narrativa sobre a democracia participativa no Brasil (1975-2010). Tese (doutorado), Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, 2013.

Downloads

Publicado

2018-07-19

Como Citar

MARIO, C. G. de; TRINDADE, T. A.; TAVARES, F. M. M. Participação política e movimentos sociais no Brasil contemporâneo. Ideias, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 7–16, 2018. DOI: 10.20396/ideias.v9i1.8652971. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8652971. Acesso em: 30 nov. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>