[1]
C. K. Tambascia, “Marginalidade relativa do africanismo de Mary Douglas:narrativas de uma análise do campo acadêmico britânico”, Ideias, vol. 2, nº 2, p. 157-179, set. 2013.