[1]
G. Adorno, “Algoritmizar a língua? ”, Líng. Instrum. Linguist., nº 44, p. 174-197, dez. 2019.