Almeida, V. S. (2016). Natalidade e educação: reflexões sobre o milagre do novo na obra de Hannah Arendt. Pro-Posições, 24(2), 221-237. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8642650