Oficina lítica de polimento no noroeste do estado do Rio de Janeiro

  • Nanci Vieira de Oliveira Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Arqueologia. Sítio pré-colonial. Polidores

Resumo

No noroeste do Rio de Janeiro, foi identificado um sítio arqueológico do tipo amolador polidor fixo, localizado na Fazenda Santa Inês, município de Miracema. A identificação deste tipo de sítio arqueológico mostra que no Rio de Janeiro, a sua ocorrência não está restrita às praias e ilhas. Assim, este artigo tem como objetivo apresentar e discutir as características deste sítio arqueológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nanci Vieira de Oliveira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Graduação em História pela Faculdade de Humanidades Pedro II(1976), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo(1986) e doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas(2002). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Membro de corpo editorial da Revista Arqueologia Pública e colaborador da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Arqueologia, com ênfase em Arqueologia Histórica. Atuando principalmente nos seguintes temas:arqueologia, arqueologia histórica, cultura materialterial, etnicidade.

Referências

AMARAL, M.M.V. As oficinas líticas de polimento da Ilha de Santa Catarina. Dissertação de Mestrado em História, Porto Alegre, PUC, 1995.

BELEM, F.R. Do Seixo ao Zoólito. A Indústria Lítica dos Sambaquis do Sul Catarinense: Aspectos formais, tecnológicos e funcionais. Dissertação de Mestrado em Arqueologia, MAE/USP, 2012.

CALDERON, V. “Contribuição para o conhecimento da arqueologia do Recôncavo e do sul do Estado da Bahia” In: Prog. Nac. de Pesq. Arqueol., Publicações Avulsas 26, Belém, Museu Paraense Emílio Goeldi, 1974.

DANTAS, M. E.; SHINZATO, E.; MEDINA, A.I. M.; SILVA, C. R.; PIMENTEL, J.; LUMBRERAS, J.F.; CALDERANO, S. B.; CARVALHO FILHO, A. Diagnóstico Geoambiental do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, CPRM, 2005.

DIAS JUNIOR, O. F. “Os polidores líticos de Cabo Frio” In: Boletim de História da Faculdade Nacional de Filosofia, Ano I(4), Ano II(5), p. 155-158,1959.

GASPAR, M.D. & TENÓRIO,M.C. “Amoladores e polidores fixos do litoral brasileiro” In: Revista do CEPA, vol. 17 (20), p.181-190,1990.

OLIVEIRA,N.V. & AYROSA,P.PS. “Polidores e Amoladores fixos de Piraquara, Angra dos Reis” Programa e Resumos da VI Reun. Cient. SAB, Anais da VI Reun. Cient. SAB, p. 753-760,1991.

PROUS, A. Arqueologia Brasileira, Brasília, Ed. UnB, 1992.

PROUS, A.; ALONSO, M.; PILÓ, H.; XAVIER, L. A. F.; LIMA, A.P.; SOUZA, G.N. “Os Machados Pré-Históricos no Brasil. Descrição de Coleções Brasileiras e Trabalhos Experimentais: Fabricação de Lâminas, Cabos, Encabamento e Utilização” In: Canindé, Xingó, no 2, p. 162-237, 2002.

ROHR, J.A. O sítio arqueológico do Pântano do Sul, SC-F-10. Florianópolis,Governo do Estado de Santa Catarina, 1977. “O sítio arqueológico da Praia de Laranjeiras, Balneário de Camboriú. Santa Catarina” In: Anais do Museu de Antropologia, 17, UFSC, 1984.

TENÓRIO, M.C. “Os Fabricantes de Machados da Ilha Grande” In: Pré-História da Terra Brasilis, Rio de Janeiro, Ed. UFRJ, p. 233-246, 1999.

TENÓRIO, M.C. O Lugar dos Aventureiros: identidade, dinâmica de ocupação e sistema de trocas no litoral do Rio de Janeiro há 3500 anos antes do presente. Tese de doutorado em História, Faculdade de Filosofias e Ciências Humanas, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

TENÓRIO, M.C., “Os amoladores polidores fixos” In: Revista de Arqueologia, 16, p.87-108, 2003.

TIBURTIUS, G. & BIGARELLA, I. “Nota sobre os anzóis de osso da jazida paleoetnográfica de Itacoara, Santa Catarina” In: Revista do Museu Paulista (Nova Série), 7, 1953, p.381-387.

UCHÔA, D.P. Arcaico do litoral. In: SCHMITZ, P.; BARBOSA, A.S. & RIBEIRO, M. (Eds.). “Temas de Arqueologia Brasileira 3. Goiânia: Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia” In: Anuário de Divulgação Científica, p.15-32,1978/79/80.

Publicado
2015-06-08
Como Citar
Oliveira, N. V. de. (2015). Oficina lítica de polimento no noroeste do estado do Rio de Janeiro. Revista Arqueologia Pública, 7(2[8]), 78-86. https://doi.org/10.20396/rap.v7i2.8635693
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)