[1]
N. Araújo, “Do "viver" e do "morrer" nos estudos literários: Gayatri Spivak e a morte da literatura comparada como Aufhebung”, Remate de Males, vol. 35, nº 1, p. 83–100, abr. 2015.