Resgate prorroga prazo para dossiê “Fotografia, Arte e História na atualidade”

2017-08-18

O Centro de Memória - Unicamp (CMU) prorrogou o prazo para envio de trabalhos para a 35ª edição da Resgate - Revista Interdisciplinar de Cultura, voltada ao tema Fotografia, Arte e História na atualidade: relações praticadas.

O dossiê conta com organização das professoras Dra. Sylvia Furegatti, do Departamento de Artes Plásticas (DAP), e Dra. Iara Lis Schiavinatto, do Departamento de Multimeios, Mídia e Comunicação (DMM), ambas docentes do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas.

A convocação é destinada a autores de instituições acadêmicas do Brasil e do exterior, preferencialmente doutores, dispostos a publicar artigos inéditos, em língua portuguesa ou espanhola, relacionados ao tema. Com a prorrogação, os trabalhos para esta edição poderão ser submetidos até o dia 6 de outubro de 2017, exclusivamente através deste site, mediante cadastro prévio.

 

[In]versões da Paisagem, obra de Dirceu Maués, na Estação Cultura em Campinas (2017).

 

Sobre o tema

O dossiê tem como foco pesquisas que combinam os campos de produção e reflexão contemporâneas dentre Fotografia, Artes Visuais e História.

A proposta deriva diretamente de parte das discussões levantadas durante o Fórum que abriu a 10ª edição do Festival Hercule Florence de Fotografia, realizado em abril de 2017 no Instituto de Artes da Unicamp e outros espaços da cidade de Campinas. Nesta última edição do evento, a intenção foi estimular a discussão e a prática de propostas para a imagem fotográfica instaurada nos mais diferentes espaços dos centros urbanos da atualidade, assim como difundir a persistência das técnicas retrospectivas de construção da imagem presentes na Fotografia contemporânea.

Segundo as organizadoras do dossiê, as inúmeras relações estabelecidas entre Fotografia, Arte e História delimitam um campo teórico instigante, “à medida que seus contornos conceituais, borrados e hibridizados, passam a demandar de seus investigadores um regime em constante revisão e autocrítica, que envolve a busca por análises e construções discursivas que possam aprofundar nossa compreensão sobre a complexidade de sua forma, de suas distintas vozes ou temporalidades”. A ideia de relações praticadas, nesse sentido, abrange o conjunto dialógico formado por esses campos, tendo o potencial de promover a ressignificação dos papeis e das respectivas produções exercitadas pelo fotógrafo, pelo artista e pelo historiador.


Orientações aos autores

A publicação dos trabalhos recebidos para o dossiê temático está sujeita à aprovação prévia do Comitê Editorial da revista e, em seguida, à avaliação de pareceristas externos ou integrantes do Conselho Editorial. A aceitação final dos textos depende da recomendação dos pareceristas e, se necessário, da efetivação dos ajustes necessários pelo(s) autor(es). Além de artigos e ensaios, podem ser enviadas também entrevistas e resenhas dentro da temática proposta.

A Resgate adota o padrão de normalização da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos, sendo obrigatório o envio dos originais de acordo com o modelo de submissão disponibilizado para download no site da revista, o qual reúne as especificações sobre formatação e normalização dos textos. Recomenda-se que os autores leiam atentamente as normas de publicação da revista neste link.


Acesse a chamada pública completa clicando aqui.