A geografia vai ao cinema

Autores

  • Antônio Carlos Queiroz Filho Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v19i21.8645706

Palavras-chave:

Cinema. Geografia contemporânea. Linguagem.

Resumo

Este artigo refere-se a um recorte adaptado da tese de doutorado do autor, que teve como argumento principal a ideia de que a experiência de ver filmes no mundo contemporâneo é uma experiência geográfica. A ideia central foi a de mostrar como essa dimensão espacial fílmica se configura e de como o cinema, via narrativa de imagem e som, cria, por alusão ou verossimilhança, uma geografia de cinema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antônio Carlos Queiroz Filho, Universidade Federal do Espírito Santo

Professor adjunto e coordenador do Grupo de Pesquisa POESI (Política Espacial das Imagens).

Referências

ALMEIDA, Milton José de. Cinema: arte da memória. Campinas: Autores Associados, 1999.

BACHELARD, Gastón. A poética do espaço. Trad. Antonio de Pádua Danesi. Rio de Janeiro: Eldorado, 2005.

BONDIÁ, Jorge Larrosa. “Notas sobre a experiência e o saber de experiência”. Revista Brasileira de Educação. N 19, jan -abr, 2002. Disponível em: http:// www.anped.org.br/rbe/rbedigital/RBDE19/RBDE19_04_JORGE_LARROSA_BONDIA.pdf

HAESBAERT, Rogério. Territórios alternativos. São Paulo: Contexto, 2006.

LENZI, Lucia Helena Correa, et. al. [Org.] Imagem: intervenção e pesquisa. Florianópolis: Editora da UFSC, 2006.

MEIRELES, Cecília. Janela Mágica. São Paulo: Moderna, 2003.

OLIVEIRA JR., Wencesláo Machado de. “Algumas geografias que o cinema cria: as alusões, os lugares e os espaços no filme Cidade de Deus”. In: X Encontro de Geógrafos da América Latina, São Paulo-SP. Anais do X Encontro de Geógrafos da América Latina, 2005. p. 1-24.

OLIVEIRA JR., Wencesláo Machado de. “Chuva de cinema: entre a natureza e a cultura”. Revista Educação: Teoria e Prática. Volume 9, número 16. Rio Claro-SP, 2001.

OLIVEIRA JR., Wencesláo Machado de. “O que seriam as geografias de cinema?” [s/d] Disponível em: http://www.letras.ufmg.br/atelaeotexto/revistatxt2/wenceslao.htm Acesso em: 26 de junho de 2006.

ORTIZ, Renato. Mundialização e cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

PASOLINI, Pier Paolo. Empirismo herege. Trad. Miguel Serras Pereira. Lisboa: Assírio e Alvim, 1982.

PIEPERGERDES, Brent. “Geography and Film: avenues for future engagement”. Aether: the journal of media geography. Vol 01, p. 49-52. Out., 2007.

TARKOVSKI, Andrei. Esculpir o tempo. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 1994.

XAVIER, Ismail [Org.]. A experiência do cinema. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1983.

Downloads

Publicado

2012-11-23

Como Citar

QUEIROZ FILHO, A. C. A geografia vai ao cinema. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 19, n. 1, p. 61–70, 2012. DOI: 10.20396/resgate.v19i21.8645706. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8645706. Acesso em: 29 nov. 2021.