[1]
E. M. Carvalho, “A produção do conhecimento sobre ações afirmativas no Brasil ”, Filos. e Educ., vol. 11, nº 2, p. 237-250, dez. 2019.