Voltar aos Detalhes do Artigo O discurso da ciência na contemporaneidade: “nada existe a menos que observemos” Baixar Baixar PDF