Testemunho e trauma no julgamento de Larry Nassar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v28i1.8669048

Palavras-chave:

Abuso sexual, Trauma, Testemunho, Jurídico

Resumo

Apresenta-se, neste artigo, uma análise de recortes de dois documentários sobre a rede de abusos da seleção estadunidense de ginástica artística, escancarada depois de uma série de denúncias feitas contra o médico da seleção, Larry Nassar. Objetiva-se compreender o funcionamento do testemunho, por meio de uma abordagem discursiva, articulado à instância do trauma, voltando a atenção para o julgamento do médico que, apesar de não ter sido julgado com júri, foi obrigado pela juíza do caso, Rosemarie Aquilina, a ouvir os testemunhos de todas as acusantes que decidissem se pronunciar, o que produziu um cenário de dizer político de denúncia das agressões e abusos sofridos e silenciados no decorrer dos anos. Nos documentários examinados, os testemunhos inscritos nas brechas e falhas do jurídico se revestem de uma força política, constituindo um acontecimento que atualiza sentidos dominantes em uma sociedade patriarcal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovana Oliveira de Russi, Universidade de Franca

Mestra em Linguística pela Universidade de Franca.

Aline Fernandes de Azevedo Bocchi, Universidade de Franca

 Doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. Docente e pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade de Franca - UNIFRAN.

Referências

ATLETA A. Direção de Bonni Cohen e Jon Shenk. Produção de Julie Parker Benello. Estados Unidos da América: Netflix, 2020. Disponível em: https://www.netflix.com/br/title/81034185. Acesso em: 18 jun. 2020. (1h43min).

BOCCHI, Aline Fernandes de Azevedo. O funcionamento discursivo de testemunhos de violência no parto: movimentos de sentido entre o judiciário e o equívoco. In: ZOPPI-FONTANA, Mônica G.; FERRARI, Ana Josefina. (Orgs.). Mulheres em discurso: gênero, linguagem e ideologia. Campinas: Pontes Editores, parte 1, texto 3, p. 57-82, 2017a.

BOCCHI, Aline Fernandes de Azevedo. O funcionamento discursivo de campanhas sobre a violência no parto: testemunho, violência e silêncio. Linguagem em (Dis)curso – LemD, Tubarão, SC, v. 19, n. 1, p. 17-33, jan./abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1982-4017-190102-2018

BOCCHI, Aline Fernandes de Azevedo. Posições subjetivas em face da violência: traços constitutivos de memória em testemunhos de mulheres. Fórum linguístico, Florianópolis, v. 14, n. 1, p. 1808-1822, jan./mar. 2017b. DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2017v14n1p1808

BUTLER, Judith. Corpos em aliança e a política das ruas: notas para uma teoria performativa de assembleia. Tradução de Fernanda Siqueira Miguens. Revisão técnida de Carla Rodrigues. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018.

CAMPOS, Luciene Jung. Acontecimento. LEANDRO-FERREIRA, M. C. Glossário de termos do discurso – edição ampliada. 1. ed. Campinas, SP. Pontes Editores, 2020.

CARRENHO, Júlia Mendes. EU VOU CONTAR e outras cenas de testemunhos de mulheres: um estudo discursivo entre arquivo, trauma e língua. Orientador: Lauro José Siqueira Baldini. 2019. 189 f. Monografia (Bacharel em Linguística) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

CARUTH, Cath; ESCH, Deborah (Eds.). Critical encounters: reference and responsibility in deconstructive writing. New Brunswich: Rutgers University Press, 1995.

FELMAN, Shoshana. Educação e crise, ou as vicissitudes do ensino. In: NETROVSKI, Arthur; SELIGMANN-SILVA, Márcio (Orgs.). Catástrofe e representação: ensaios. São Paulo: Escuta, [1991] 2000, p. 13-72.

FELMAN, Shoshana. O inconsciente Jurídico: julgamentos e traumas do século XX. Tradução de Ariani Bueno Sudatti, prefácio de Márcio Seligmann-Silva. São Paulo: EDIPRO, 2014.

FELMAN, Shoshana. The scandal of the speaking body: Don Juan with J. L. Austin, or seduction in two languages. Stanford, California: Stanford University Press, 2003. p. 113-123. DOI: https://doi.org/10.1515/9780804766890

FELMAN, Shoshana; LAUB, Dori. Testimony: crisis in witnessing in literature, psychoanalysis, and history. New York: Routledge, 1992.

LEVI, Primo. É isto um homem? Tradução de Luigi Del Re. Rio de Janeiro: Rocco, [1947] 1998.

MARIANI, Bethania Sampaio Corrêa. Testemunho: um acontecimento na estrutura. Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo, v. 12, n. 1, p. 48-63, jan./jun. 2016. DOI: https://doi.org/10.5335/rdes.v12i1.5890

NO coração de Ouro: O Escândalo da Seleção Americana de Ginástica. Direção de Erin Lee Carr. Produção de Nancy Abraham, Sarah Gibson e Lisa Heller. Estados Unidos da América: HBO Documentary Filmes, 2019. (1h28min).

ORLANDI, Eni P. Discurso em Análise: sujeito, sentido, ideologia. 2. ed. Campinas: Pontes Editores, 2012.

ORLANDI, Eni P. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis: Vozes, 1996.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. 6. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2007. DOI: https://doi.org/10.7476/9788526814707

ORLANDI, Eni Puccinelli. Discursos e museus: da memória e do esquecimento. Entremeios: revista de estudos do discursivo, v. 9, jul. 2014. Disponível em: http://www.entremeios.inf.br. Acesso em: 23 set. 2020.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução de Eni P. Orlandi. 5. ed. Campinas: Pontes Editores, [1988] 2006.

PÊCHEUX, M. (1975) Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 4. ed. Tradução Eni Puccinelli Orlandi et al. Campinas, SP: Unicamp, 2009.

PENNA, Carla. Investigações psicanalíticas sobre o luto coletivo. Cad. psicanal. v. 37, n. 33, Rio de Janeiro, dez. 2015, p. 9-30. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-62952015000200001. Acesso em: 02 fev. 2020.

RUSSI, Giovana Oliveira de. Movimento #metoo e a narrativa da violência inenarrável: movimentos digitais, luto, luta e testemunho. Orientadora: Aline Fernandes de Azevedo Bocchi. 2021. 106 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade de Franca, Franca.

Downloads

Publicado

2022-04-18

Como Citar

RUSSI, G. O. de; BOCCHI, A. F. de A. Testemunho e trauma no julgamento de Larry Nassar. RUA, Campinas, SP, v. 28, n. 1, p. 125–147, 2022. DOI: 10.20396/rua.v28i1.8669048. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8669048. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Estudos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)