https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/issue/feed RUA 2022-09-29T14:44:19+00:00 Eni Puccinelli Orlandi publabe@unicamp.br Open Journal Systems <p><strong>Escopo:</strong> A <strong>RUA</strong> é uma revista do Laboratório de Estudos Urbanos do Nudecri/Unicamp e reúne artigos, produções artísticas e resenhas de obras que tratem de práticas da cidade a partir das dimensões do simbólico e do político em uma relação entre o saber urbano e a linguagem. Seu objetivo principal é o de refletir sobre o espaço urbano concebido como espaço de significação, propiciando um diálogo entre diferentes áreas do conhecimento.<br /><strong>Qualis</strong>: B1<br /><strong>Área do conhecimento</strong>: Interdisciplinar / Letras / Linguística<br /><strong>Ano de fundação</strong>: 1995<br /><strong>E-ISSN</strong>: 2179-9911<br /><strong>E-mail</strong>: <a href="https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/management/settings/context/mailto:publabe@unicamp.br">publabe@unicamp.br</a><br /><strong>Unidade</strong>: <a href="http://www.labeurb.unicamp.br/portal/pages/home/index.lab" target="_blank" rel="noopener">LABEURB</a><br /><strong>Prefixo DOI</strong>: 10.20396<br /><a title="CC-BY-NC" href="https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/" target="_blank" rel="noopener"><img src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc/4.0/80x15.png" alt="Licença Creative Commons" /></a></p> https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8671122 “Deus, pátria, família”: 2022-09-29T14:44:19+00:00 João Paulo Martins de Almeida joao.paulo_martins@hotmail.com <p>Neste trabalho, tomando-se a Análise do Discurso como um campo de saber ancorado no materialismo histórico, intenta-se desvelar as contradições do discurso religioso, mormente o do neopentecostalismo, como uma das expressões do discurso do capital na sociedade brasileira. A discussão aqui proposta se volta às possibilidades produtivas (ou parafrásticas) e/ou criativas (ou polissêmicas) dos efeitos de sentido do discurso fascista no Brasil. Tal discurso se assenta sobre elementos da religiosidade postos em circulação desde a Ação Integralista Brasileira (AIB), em 1930. Sustenta-se que elementos interdiscursivos deste movimento fascista são resgatados na contemporaneidade, o que demonstra uma tensão entre passado e presente, entre o já-dito, o reformulado e o ressignificado na atualidade.</p> 2022-09-29T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 RUA https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8670932 Por um arquivo (d)e memória 2022-09-05T16:48:58+00:00 André Cavalcante acbs.cavalcante@gmail.com Lucília Maria Abrahão e Souza luciliamasousa@gmail.com <p>A partir da Análise do Discurso e da mobilização das noções de arquivo e memória, este trabalho objetiva refletir sobre a construção de arquivos digitais sobre a transgeneridade na Argentina e no Brasil. Nosso gesto de análise acerca das materialidades inscritas nas páginas do Instagram @archivotrans e @acervobajuba, lança um olhar sobre as subjetividades trans no decorrer da história, observando como o trabalho de arquivo é feito na incompletude e na falta, questionando, também, quais saberes sobre os corpos-trans podem/devem ser inscritos no fio do discurso.</p> 2022-09-05T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 RUA https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8671112 Pixação e o circuito artístico brasileiro 2022-09-28T17:10:34+00:00 Priscila Mocelin Lara priscilamlara@hotmail.com Patricia Camera Varella patriciacamera@uepg.br <p>A reflexão apresentada nesse artigo pauta-se na relação entre o pixo e os diversos espaços artísticos (galeria, museu, espaço público e privado), considerando os diferentes embates surgidos na área teórica, relativos aos conceitos que envolvem o uso das imagens e seus significados nas pesquisas sobre história da arte e o campo da cultura visual. Tais processos são abordados visando uma melhor compreensão sobre como essa prática ocorre a partir de 2008, em interação com o circuito artístico brasileiro. Adiante, a pesquisa mostra desdobramentos dos eventos de 2008, os acontecimentos recentes da pixação na Feira ArtRio 2019 e a exposição Língua Solta, ocorrida no Museu da Língua Portuguesa em São Paulo (2021). Tal panorama busca apontar ambiguidades e convergências entorno do pixo presente no campo das artes.</p> 2022-09-28T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 RUA https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8670835 Forma sujeito histórica e sujeito de direito 2022-08-25T14:51:09+00:00 Eni Puccinelli Orlandi enip@unicamp.br <p>Nesse estudo refletimos sobre a relação, no capitalismo, entre a democracia, o Jurídico e o Estado na produção de sentidos quando se trata de significar temas como a propriedade da terra, os usos da terra e os sujeitos envolvidos nessas relações de sentidos. Nossa análise toma como referência o texto do PNRA (Plano Nacional da Reforma Agrária) da Nova República e estende seus efeitos de sentidos com suas consequentes derivas para a discursividade atual.</p> 2022-08-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 RUA