“Granito Azul Sucuru”: da preocupação ambiental às alternativas de reaproveitamento pela caracterização tecnológica

from environmental concerns to reuse possibilities based on technological characterization

Palavras-chave: Desenvolvimento, Meio ambiente, Granito Sucuru, Brita.

Resumo

A preocupação ambiental tem se tornado comum nas empresas de mineração que buscam conciliar o desenvolvimento frente às questões de sustentabilidade. Diante disso, busca-se apresentar possibilidades de um melhor aproveitamento dos rejeitos do Granito Sucuru, cuja jazida encontra-se desativada, situada na região do Cariri Paraibano, principalmente nos municípios de Serra Branca e Sumé. O objetivo dessa proposta é o desenvolvimento da cadeia produtiva da região analisada e preservação do ambiente. A pesquisa do campo ambiental e da mineralogia das rochas industriais abrangeu a observação direta da área analisada, a pesquisa bibliográfica voltada aos estudos ambientais e a sua possível interface com os estudos das aplicações de rochas industriais para a construção civil, inclusive os ensaios laboratoriais, que analisaram os índices físicos, granulometria do material pétreo disponível, investigações de microscopia em seções delgadas e também em grãos, complementados por análises de difratometria de raios X. Portanto, com este estudo é possível o vislumbre de uma melhor viabilidade econômica e ambiental da área estudada, na qual os rejeitos possam ser aproveitados sob a forma de brita e argamassa para a indústria, além de serem usados na forma de rocha ornamental aplicável em revestimentos internos e/ou externos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcio Flávio Moreira Cavalcanti, Universidade Federal de Pernambuco

Graduação em Matemática pela Universidade Estadual da Paraíba. Mestrado em Engenharia Mineral da Universidade Federal de Pernambuco.

Felisbela Maria Costa Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco

Professora, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, UFPE.

Evenildo Bezerra Melo, Universidade Federal de Pernambuco

Doutorado em Geociências pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor Associado nível 4 da Universidade Federal de Pernambuco.

Almany Costa Santos, Universidade Federal de Pernambuco

Professor Associado 4 do Departamento de Geologia e da Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal de Pernambuco.

Referências

Abreu, A.C.F., (2014). Análise Corporativa dos agregados graúdos, britas, calcária e granítica, e dos agregados miúdos, resíduos de borracha de pneu e areia, para utilização em concreto. (Monografia) Mossoró, Universidade Federal do Rural Semi-Árido. (Monogr. 14).

Alencar, C.R.A.; Caranassios ,A.; Carvalho, D. (1996),. Tecnologia de lavra e beneficiamento de rochas ornamentais. Fortaleza, Inst. Euvaldo Lodi. 225p.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). 1996. NBR ISO 14001. SGA Especificação e diretrizes para uso. Rio de Janeiro, ABNT.

Cavalcanti, L.F.M. (2016). Granito Azul Sucuru: estudo da viabilidade de uso através da caracterização tecnológica. Univ. Fed. Pernambuco. C. Tecnol. e Geoc. (Mestr. Eng. Mineral).

CEFET-PR. (2004). Apostila de Tecnologia do Concreto. Depto. Acad. Construção Civil. Eng. Produção Civil. CEFET-PR.

Costa A.G., Campello M.S., Maciel S.L., Calixto C., Bezerra J.E. (2002). Rochas ornamentais e de revestimento: proposta de classificação com base na caracterização tecnológica. In: Simp. Rochas Ornamentais do Nordeste, 3, Recife, PE. Anais..., Recife, PE.

Cunha, E. H. da. (2015). Agregados – notas de aula PUC Goiás. Goiânia, PUC de Goiás. Acesso em setembro 2015.

Farias, C. E. G. Mineração e Meio Ambiente no Brasil. Outubro de 2002. Disponível em: http://www. cgee.org.br/arquivos/estudo011_02.pdf.. Acesso em: 14 Jul. 2014.

Ferreira, S. N. (2004). Geologia estrutural aplicada às rochas ornamentais na Pedreira Knawa, Cláudio (MG). Rio Claro: IGCE, Univ. Est. Paulista. (Dissert. Mestr.)

Frascá, M. H. B., Frazão, E. B. (2002). Proposta de especificação tecnológica para agregados graúdos. Areia & Brita, 19, 28-33.

John, V. M. (2000). Reciclagem de resíduos na construção civil: Contribuição para metodologia de pesquisa e desenvolvimento. 113p. São Paulo. Esc. Politécnica, Univ. São Paulo, Depto. Eng. Constr. Civil. (Tese Livre Docência).

Meyer, M. M. (2000). Gestão ambiental no setor mineral: um estudo de caso. Florianópolis: Univ. Fed. Santa Catarina. (Dissert. Mestr. Eng. Produção).

Navarro, F. C. (2006). Influência da petrografia sobre a anisotropia à tensão de compressão e dilatação térmica de rochas ornamentais. Rio Claro: IGCE, Univ. Est. Paulista. (Tese Dout.).

Neves, M. C. (2010). Estudo Experimental do Polimento de Diferente “Granitos” e as Relações com a Mineralogia. Dissertação. Dissertação (Mestre em Ciências). São Carlos (SP): Universidade de São Paulo.

Perdiz, R. S. (2009). Avaliação da utilização do granito da região de moura do município de Barcelos como agregado graúdo em concreto. Dissertação, Manaus, AM, Universidade Federal do Amazonas.

Petrucci, E.G.R. (1998). Concreto de cimento Portland. São Paulo: Globo.

Pimenta, D. S. (2012). Produção de concreto convencional com a utilização de pó de brita. João Pessoa, PB, Univ. Fed. Paraíba. (Trab. Concl. Curso, Engenharia Civil).

PPGE Minas, (2015). Relatórios da Excursão da Disciplina Pesquisa e Prospecção de Rochas Ornamentais. Programa de Pós Graduação em Engenharia Mineral.

Santos, R. A. dos. (2011). Reaproveitamento dos resíduos de britagem de granito: uso como agregado artificial na construção civil. Trabalho de conclusão de curso. João Pessoa, PB, Univ. Fed. Paraíba.

Taha, B.; Nounu, G. (2009). Utilizing Waste Recycled Glass as Sand/Cement Replacement in Concrete. Journal of Materials in Civil Engineering, 2009, 709- 721.

Teodoro, S. B. (2013). Trabalho Final de Curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Juiz de Fora. Juiz de Fora, MG: Univ. Fed. Juiz de Fora. (Trab. Concl. Curso, Engenharia Civil).

Yoshida, R.; Frazão, E. B.; Giroldo, A. M. P. (1972). Estudos sobre a forma de agregados rochosos. In: 4a. semana Paulista de Geologia Aplicada, 1972, São Paulo. Anais SPGA. São Paulo: APGA. p. 285-332.

Publicado
2019-02-14
Como Citar
Cavalcanti, L. F. M., Oliveira, F. M. C., Melo, E. B., Fernandes, A. C. G., & Santos, A. C. (2019). “Granito Azul Sucuru”: da preocupação ambiental às alternativas de reaproveitamento pela caracterização tecnológica . Terrae Didatica, 15, e019013. https://doi.org/10.20396/td.v15i0.8650328