[1]
G. Kravitz e F. de A. Caxito, “A possível fonte da seta do tempo causal em explicações geo-históricas ”, Terrae Didat., vol. 16, p. e020007, abr. 2020.