[1]
J. Kilpatrick, “<b>Ficando estacas: uma tentativa de demarcar a educação matemática como campo profissional científico</b><br><i>p.99-120”, Zetetike, vol. 4, nº 1, out. 2009.