[1]
C. F. Brandt, J. A. Camargo, e A. J. Rosso, “Sistema de numeração decimal: operatividade discente e implicações para o trabalho docente”, Zetetike, vol. 12, nº 2, p. 89–124, fev. 2009.