1.
Kilpatrick J. Ficando estacas: uma tentativa de demarcar a educação matemática como campo profissional científico. Zetetike [Internet]. 30º de maio de 1996 [citado 14º de abril de 2024];4(1):99-120. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646867