Voltar aos Detalhes do Artigo O mestre e o aprendiz como iguais: a potência da vontade e da inteligência humana em Rancière Baixar Baixar PDF