Voltar aos Detalhes do Artigo Michael Bearney, Frege and the paradox of analysis Baixar Baixar PDF