O índice de participação e a importância da educação

Autores

  • José Paulo Martins Júnior Universidade de São Paulo
  • Humberto Dantas Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Estudo Eleitorado Brasileiro. Participação política. Democracia. Comportamento eleitoral

Resumo

O artigo analisa a participação e envolvimento do eleitorado brasileiro com relação a aspectos da dinâmica e política. Com base em três grupos de variáveis relacionados à participação em grupos e movimentos associativos; à participação em campanhas políticas e acesso à informação política, os
autores elaboram um índice de Participação. O artigo utiliza os dados do ESEB 2002.

Abstract

The article analyses the levels of participation of Brasilian electorate in relation to aspects of the political
dynamics. Based on three group of variables related do participation in associative movements,
participation in political campaigns and political information, the authors create an Index of participation.
The data come from 2002 Brazilian Electoral Study.

Keywords: Brazilian Electoral Study; political participation; democracy; electoral behavior

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Paulo Martins Júnior, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1997), mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2001) e doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é professor do Departamento de Estudos Políticos, do Programa de Pós-graduação em Direito e Políticas Públicas e coordenador do curso de bacharelado em Ciência Política da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Humberto Dantas, Universidade de São Paulo

Doutor (2007) e mestre (2002) em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), com graduação em Ciências Sociais (USP). Professor e pesquisador do Insper. Coordena cursos de pós-graduação na FIPE-USP e na Escola de Sociologia e Política de São Paulo. A experiência como docente teve início em 1999, em graduação e-ou pós-graduação em instituições como: FAAP, LFG-Anhanguera, UNIB, Anhembi Morumbi, CEFOR, ESA-OAB, EPD, ENAP, EACH-USP (visitante) e Centro Universitário São Camilo, onde durante três anos foi gestor de projetos sociais (dois anos), componente da CPA (um ano) e coordenador de ciclo básico de disciplinas da saúde (um ano e meio). 

Referências

BOBBIO, Norberto. O futuro da democracia. São Paulo: Paz e Terra, 1986.

BENEVIDES, Maria Victória de Mesquita. A cidadania ativa. São Paulo: Editora Ática, 1991.

DAHL, Robert. Sobre a democracia. Brasília: UNB, 2001.

JEFFERSON, Paine. Federalistas e Tocqueville. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

MARSHALL, T. H. Cidadania, Classe Social e Status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

MONTESQUIEU. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

MILL, John Stuart. Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

ONU – ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Relatório de Desenvolvimento Humano 2002. www.pnud.org.br – ONU, 2002.

PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. La Democracia en América Latina. www.pnud.org.br – ONU, 2004.

WHITAKER, Francisco et al. Cidadão Constituinte. São Paulo: Paz e Terra, 1989.

Downloads

Publicado

2015-10-19

Como Citar

Martins Júnior, J. P., & Dantas, H. (2015). O índice de participação e a importância da educação. Opinião Pública, 10(2), 268–287. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/op/article/view/8641152

Edição

Seção

Artigos