Determinantes do voto no primeiro turno das eleições presidenciais brasileiras de 2010: uma análise exploratória

Autores

  • Jairo Nicolau Universidade Federal do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Eleições presidenciais 2010. Comportamento eleitoral no Brasil. Voto para presidente no Brasil

Resumo

O objetivo deste artigo é avaliar o efeito de um conjunto de variáveis no voto dos principais candidatos (Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva) e nos votos nulos e em branco no primeiro turno das eleições presidenciais brasileiras de 2010. A pesquisa é baseada nos resultados do Estudo Eleitoral Brasileiro (Eseb-2010). Para análise dos dados foi utilizado um modelo de regressão logística multinomial, cujos resultados são também apresentados por intermédio de gráficos com as probabilidades preditas do voto segundo algumas variáveis. Entre as variáveis selecionadas, a escolaridade, a região, a religião, a preferência partidária, o autoposicionamento na escala esquerda-direita e a avaliação de governo foram as que apresentaram diferenças na votação obtida pelos candidatos. Por outro lado, o sexo, a idade e a participação no programa Bolsa Família tiverem reduzido impacto nessa votação.

 

Abstract:

The objective of this article is to examine the effect of a set of variables on the vote of the main candidates (Dilma Rousseff, José Serra and Marina Silva), and on invalid votes in the first round of Brazilian presidential elections in 2010. The research is based on the results of “Estudo Eleitoral Brasileiro” (Brazilian Electoral Study) conducted in 2010. The data was analysed using a multinomial logistic regression model, whose results are also presented through graphics with the predicted probability. Among the selected variables, education, region, religion, party preference, self-positioning in the left-right scale and evaluation of government showed the most significant differences between the candidates. On the other hand, sex, age, and participation in the “Bolsa Família” program have limited impact on the differentiation of candidates.

Keywords: presidential elections 2010; electoral behaviour in Brazil; vote for president in Brazil

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jairo Nicolau, Universidade Federal do Rio de Janeiro

É professor titular do departamento de ciência política da UFRJ. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1985), mestrado (1991) e Doutorado (1995) em Ciência Política pelo IUPERJ. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Instituições Representativas e Comportamento Político, atuando principalmente nos seguintes temas: eleições, sistema partidário, partidos, sistema eleitoral e reforma política. Foi membro do Comitê Assessor (Ciência Política) do CNPQ (2008-2011).

Referências

ALMEIDA, A. A cabeça do eleitor: estratégia de campanha, pesquisa e vitória eleitoral. Rio de Janeiro: Record, 2008.

AMES, B. et al. The Brazilian electoral panel studies (Beps): Brazilian public opinion in the 2010 presidential elections. Inter-American Development Bank, 2013.

BAQUERO, M.; GONZALEZ, R. S. "Eleições, estabilidade democrática e socialização política no Brasil: análise longitudinal da persistência de valores nas eleições presidenciais de 2002 a 2010". Opinião Pública, vol. 17, n˚ 2, p. 369-399, 2011.

BOHN, S. R. "Social policy and vote in Brazil: Bolsa Família and the shifts in Lula's electoral base". Latin American Research Review, vol. 46, n˚ 1, p. 54-69, 2011.

CARREIRÃO, Y.; BARBETTA, P. A. "A eleição presidencial de 2002: a decisão do voto na região da grande São Paulo". Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol. 19, n˚ 56, 2004.

CESOP. Encarte Tendências. Opinião Pública, vol. 17, n˚ 2, p. 516-540, nov. 2011.

DALTON, R. J. Citizen politics: public opinion and political parties in advanced industrial democracies. 6. ed. London: Cq

Press, 2013.

KASTELLEC, J. P.; LEONI, E. L. "Using graphs instead of tables in political science". PPS, vol. 5, n° 4, 28 nov. 2007.

KERBAUY, M. T. M. "Os programas de transferência de renda e o voto regional nas eleições presidenciais de 2010". Opinião Pública, vol. 17, n° 2, p. 477-492, 2011.

KING, G.; TOMZ, M.; WITTENBERG, J. "Making the most of statistical analyses: improving interpretation and presentation". American Journal of Political Science, vol. 44, n° 2, p. 341-355, 2000.

LICIO, E. C.; RENNÓ, L.; CASTRO, H. C. O. "Bolsa Família e voto na eleição presidencial de 2006: em busca do elo perdido". Opinião Pública, vol. 15, n° 1, p. 31-54, 2009.

MARTINS JR., J. P. "Modelo sociológico de decisão de voto presidencial no Brasil 1994-2006". Revista Debates, vol. 3, n° 2, p. 68-96, jul.-dez. 2009.

MARZAGÃO, T. "A dimensão geográfica das eleições brasileiras". Opinião Pública, vol. 19, n° 2, p. 270-290, 2013.

NICOLAU, J. "An analysis of the 2002 presidential elections using logistic regression". Brazilian Political Science Review, vol.1, n° 1, p. 125-135, 2007.

NICOLAU, J.; PEIXOTO, V. Uma disputa em três tempos: uma análise das bases municipais nas eleições presidenciais de 2006. In: Anais XXI Encontro Anual da Anpocs, 20 set. 2007.

PEIXOTO, V.; RENNÓ, L. "Mobilidade social ascendente e voto: as eleições presidenciais de 2010 no Brasil". Opinião Pública, vol. 17, n° 2, p. 304-332, 2011.

RENNÓ, L. "Escândalos e voto: as eleições presidenciais brasileiras de 2006". Opinião Pública, vol. 13, n° 2, p. 260-282, 2007.

RIBEIRO, E.; CARREIRÃO, Y.; BORBA, J. "Sentimentos partidários e atitudes políticas entre os brasileiros". Opinião Pública, vol. 17, n° 2, p. 336-368, 2011.

SINGER, A. Esquerda e direita no eleitorado brasileiro: a identificação ideológica nas disputas presidenciais de 1989 e 1994. São Paulo: Edusp, 2000.

SINGER, A. Os sentidos do lulismo: reforma gradual e pacto conservador. São Paulo: Cia. das Letras, 2012.

SOARES, G. A. D.; TERRON, S. "Dois Lulas: a geografia eleitoral da reeleição (explorando conceitos, métodos e técnicas de análise geoespacial)". Opinião Pública, vol. 14, n° 2, p. 269-301, 2008.

TERRON, S.; SOARES, G. A. D. "As bases eleitorais de Lula e do PT: do distanciamento ao divórcio". Opinião Pública, vol. 16, n° 2, p. 310-337, 2010.

WAGENMAKERS, E. J. et al. "Why psychologists must change the way they analyze their data: the case of psi: comment on Bem (2011)". Journal of Personality and Social Psychology, vol. 100, n° 3, p. 426-432, 2011.

WAGENMAKERS, E. J. et al. "An agenda for purely confirmatory research". Perspectives on Psychological Science, vol. 7, n° 6, p. 632-638, 7 nov. 2012.

ZUCCO JR., C. "When payouts pay off: conditional cash transfers and voting behavior in Brazil 2002-10". American Journal of Political Science, vol. 57, n° 4, p. 810-822, out. 2013.

Downloads

Publicado

2015-11-03

Como Citar

NICOLAU, J. Determinantes do voto no primeiro turno das eleições presidenciais brasileiras de 2010: uma análise exploratória. Opinião Pública, Campinas, SP, v. 20, n. 3, p. 311–325, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/op/article/view/8641554. Acesso em: 7 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos