Eleição de Dilma ou segunda reeleição de Lula? Uma análise espacial do pleito de 2010

Autores

  • André Matos Magalhães Universidade Federal de Pernambuco
  • Marcelo Eduardo Alves Silva Universidade Federal de Pernambuco
  • Fernando de Mendonça Dias Universidade Federal de Pernambuco

Palavras-chave:

Bolsa Família. Eleições. Lula

Resumo

Muito foi dito a respeito do papel do Bolsa Família na eleição de Lula em 2006 e na mudança do perfil do seu eleitor. Pouco foi dito, entretanto, a respeito do papel de Lula e do Bolsa Família com relação à votação de Dilma em 2010. Através de uma abordagem econométrico-espacial, neste artigo nós avaliamos a importância desses e de outros fatores no desempenho eleitoral de Dilma. Após uma nova eleição na qual Dilma enfrentou novos candidatos, é interessante tentar entender quais fatores tiveram maior peso em sua eleição anterior e como isso pode ser visto à luz do atual cenário. A análise é realizada a partir de dados agregados para os municípios, considerando-se as proporções de votos dos candidatos e informações socioeconômicas municipais (renda per capita, percentual de pessoas no Bolsa Família no município, percentual de pobres, percentual de analfabetos, grau de urbanização do município, entre outras). Os resultados indicam uma participação decisiva do ex-presidente Lula e também do Bolsa Família. Ou seja, mesmo controlando pela votação obtida por Lula, o BF continuou importante para a eleição de Dilma. O efeito Lula foi, entretanto, maior do que aquele gerado pelo Programa. Cabe notar que esse resultado está em acordo com o encontrado por Zucco (2013), no sentido de que o Bolsa Família tem efeitos eleitorais positivos de curto prazo, ajudando na votação do partido incumbente, mas não de longo prazo, não gerando fidelidades a políticos ou partidos. 

Abstract
Much has been said about the role of "Bolsa Família" in the Presidential election of Lula in 2006 and the change of his voter profile. However, little has been said about the effects of Lula’s support and "Bolsa Família" on Dilma’s electoral performance in the 2010 Presidential elections. Using a spatial econometrics’s approach in this paper we evaluate the importance of these (and other) factors on Dilma and her opponents’ electoral performance in the 1st round of 2010 elections. It is interesting to understand what factors had more weight on her previous election and how this can be seen in the light of the current scenario. Aggregated data at the municipality level are used in the analysis, considering variables such as candidates’ share of total votes and socioeconomics indicators (per capita income, proportion of beneficiaries of "Bolsa Família", percentage of poor, rate of illiteracy, among others). The results indicate a decisive participation of former President Lula and the Bolsa Família Program. Even controlling for Lula’s share of votes in the previous election, the "Bolsa Família" Program remains significant for Dilma’s election. The Lula’s effects, however, was larger than the one found for the Program. It is worth noting that this results in line with the one indicated  by Zucco (2013), in the sense that the "Bolsa Família" shows positive short run electoral effects, helping the incumbent party, but shows no long run effects, with the loyalties to parties and/or persons.

 Keywords: Bolsa Família. Elections. Lula

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Matos Magalhães, Universidade Federal de Pernambuco

possui graduação em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (1995), mestrado em Economia - University of Illinois (1997) e doutorado em Economia - University of Illinois (1999). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Pernambuco, conselheiro da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco e pesquisador associado do Regional Economics Applications Laboratory. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Regional e Urbana e na área de avaliação de políticas públicas.

Marcelo Eduardo Alves Silva, Universidade Federal de Pernambuco

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Pernambuco, Mestrado em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001), Mestrado em Economia pela University of North Carolina at Chapel Hill (2007) e Doutorado em Economia na University of North Carolina at Chapel Hill (2009) nos Estados Unidos. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Macroeconomia, Desenvolvimento Econômico, Finanças Internacionais, Econometria Bayesiana, Séries Temporais, Modelos Dinâmicos Estocásticos de Equilíbrio Geral (DSGE) e Planejamento Econômico. Tem experiência em consultoria e pesquisa no setor privado e público.

Fernando de Mendonça Dias, Universidade Federal de Pernambuco

possui graduação em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (1995), mestrado em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (1999) e doutorado em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (2001). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Mercados Artificiais e Controle de Poluição, atuando principalmente nos seguintes temas: regulação, certificados de poluição, meio-ambiente, recursos hídricos e mercado artificiais.

Referências

ABENSUR, T. C.; CRIBARI-NETO, F.; MENEZES, T. A. "Impactos do programa Bolsa Família nos resultados das eleições presidenciais no Brasil em 2006". In: Anais do XXXV Encontro Nacional de Economia, 2007. Recife: Anpec, p. 1-16, 2007.

ANSELIN, L. Spatial econometrics: methods and models. Dordrecht: Kluwer Academic, 1988.

ANSELIN, L.; BERA, A. K. "Spatial dependence in linear regression models with an introduction to spatial econometrics". Statistics Textbooks and Monographs, vol. 155, p. 237-290, 1998.

CANÊDO-PINHEIRO, M. "Bolsa Família ou desempenho da economia? Determinantes da reeleição de Lula em 2006". In: Anais do XXXVII Encontro Nacional de Economia, 2009. Recife: Anpec, p. 1-20, 2009.

CASE, A. C.; ROSEN, H. S.; HINES JR., J. R. "Budget spillovers and fiscal policy interdependence: evidence from the states". Journal of Public Economics, vol. 52, p. 285-307, 1993.

CERDA, R.; VERGARA, R. "Government subsidies and presidential election outcomes: evidence for a developing country". World Development, vol. 36, no 11, p. 2.470-2.488, 2008.

CLIFF, A. D.; ORD, J. K. Spatial autocorrelation. London: Pion, 1973.

CLIFF, A. D. Spatial processes: models and applications. London: Pion, 1981.

DE LA O, A. "Do conditional cash transfers affect electoral behavior? Evidence from a randomized experiment in Mexico". American Journal of Political Science, vol. 57, p. 1-14, 2013.

GUERVÓS, R. C., Aproximación al valor de la vivienda: aplicación a la ciudad de Granada. Granada: Editorial Universidade de Granada, 1999.

HUNTER, W.; POWER, T. J. "Rewarding Lula: Executive Power, social policy, and the Brazilian elections of 2006". Latin American Politics and Society, vol. 49, no 1, p. 1-30, abr. 2007.

LABONNE, J. "The local electoral impacts of conditional cash transfers: evidence from a field experiment". Journal of Development Economics, vol. 104, p. 73-88, 2013.

MANACORDA, M.; MIGUEL, E.; VIGORITO, A. "Government transfers and political support". American Economic Journal: Applied Economics, vol. 3, no 3, p. 1-28, 2011.

MARZAGÃO, T. "A dimensão geográfica das eleições brasileiras". Opinião Pública, Campinas, vol. 19, no 2, p. 270-290, nov. 2013.

NICOLAU, J.; PEIXOTO, V. As bases municipais da votação de Lula em 2006. In: REIS VELLOSO, J. P. (coord.). Quem elegeu Lula? Cadernos do Fórum Nacional, no 6, fev. 2007.

SHIKIDA, C. D., et al. "It is the economy, companheiro!: an empirical analysis of Lula's re-election based on municipal data''. Economics Bulletin, vol. 29, no 2, p. 976-991, 2009.

SOARES, F. V., et al. "Cash transfer programmes in Brazil: impacts on inequality and poverty". UNDP International Poverty Centre, Working Paper, no 21, jun. 2006.

SOARES, G. A. D.; TERRON, S. L. "Dois Lulas: a geografia eleitoral da reeleição (explorando conceitos, métodos e técnicas de análise geoespacial)". Opinião Pública, Campinas, vol. 14, no 2, p. 269-301, nov. 2008.

SOARES, S. "Bolsa Família, its design, its impacts and possibilities for the future". In: The International Policy Centre for Inclusive Growth, Working Paper, no 89, fev. 2012

STOKER, T. M. "Empirical approaches to the problem of aggregation over individuals". Journal of Economic Literature, vol. 31, p. 1.827-1.874, 1993.

ZUCCO, C. "The president’s 'new' constituency: Lula and the pragmatic vote in Brazil’s 2006 presidential elections". Journal of Latin American Studies, vol. 40, p. 29-39, 2008.

ZUCCO, C "When payouts pay off: conditional cash transfers and voting behavior in Brazil 2002-10". American Journal of Political Science, vol. 57, no 4, p. 810-822, 2013.

Downloads

Publicado

2015-12-11

Como Citar

Magalhães, A. M., Silva, M. E. A., & Dias, F. de M. (2015). Eleição de Dilma ou segunda reeleição de Lula? Uma análise espacial do pleito de 2010. Opinião Pública, 21(3), 535–573. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/op/article/view/8642207

Edição

Seção

Artigos