Voltar aos Detalhes do Artigo As folhas de videiras das Evas da Ilha de Marajó e a (des)construção de narrativas arqueológicas Baixar Baixar PDF