Voltar aos Detalhes do Artigo Tempo circular, pululação e fracasso em “O jardim de veredas que se bifurcam”, de Jorge Luis Borges Baixar Baixar PDF