Voltar aos Detalhes do Artigo “Para onde foram as patacas?”: patrimônio de portugueses na Amazônia (Belém, 1840-1909) Baixar Baixar PDF