Voltar aos Detalhes do Artigo Práticas sociodiscursivas de resistência motivadas pela iterabilidade de violências Baixar Baixar PDF