Comentário sobre a revista Raça Brasil

Autores

  • Adriana Piscitelli Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Questão racial. Brasil

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Piscitelli, Universidade Estadual de Campinas

Graduação em Ciencias Antropológicas - Universidad de Buenos Aires (1979), especialização em Gender and Development - University of Sussex (1988), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1990), doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e estágios pós-doutorais na Universidad Autónoma de Barcelona (2004, 2011,2013); na Universidad Autónoma de Madrid (2007), na Universitat Rovira e Virgili (2009) e na Universidad de Barcelona em 2014. Integrou o grupo fundador do Núcleo de Estudos de Gênero-PAGU, da Universidade Estadual de Campinas, no qual participou da coordenação no período 1997/2010 e novamente a partir de 2013. Integrou o Associate Editors Committee Biography and Memory (Amsterdam) (2001-2003), o Comitê Consultor do Centro Latinoamericano em Sexualidade e Direitos Humanos/CLAM (2004), o Comitê de Direitos Humanos da Associação Brasileira de Antropologia (2005); na qual coordenou o Comitê Permanente de Gênero e Sexualidade no período 211/2012, el foi Vice-Coordenadora na gestão 2013/2014. Foi Visiting Scholar no CLS da New York University (2004), e professora convidada na Universidad do Chile, na Universidad de Buenos Aires, na Universidad de Granada e na Universitá Ca Foscari. Atualmente é pesquisadora nível A da Universidade Estadual de Campinas, no Núcleo de Estudos de Gênero-PAGU, professora plena no Depto de Antropologia Social e no Doutorado em Ciências Sociais da mesma universidade, no qual coordenou a área de Gênero, no período 2008/2012. Integra o Comitê Permanente de Migrações da Associação Brasileira de Antropologia, o Comitê de Assessoramento da Coordenação do Programa de Pesq. em Ciências Sociais Aplicadas e Educação - COSAE/CNPq, o International Advisory Board da Revista Etnográfica (Lisboa), da Revista About Gender: International Journal of Gender Studies (Milão); Journal of Gender and Power (Lodz), o Consejo Asesor de la Revista Arxiu d'Etnografia de Catalunya, o Consejo Editorial da Revista Relaciones, da Sociedad Argentina de Antropologia, o Consejo Editorial da Revista Zona Franca, da Universidad de Rosario, Argentina, o Comitê Editorial da Revista Aex Aequo (Portugal), o Comitê Editorial do Cadernos PAGU, a Comissão Editoral da Coleção gênero e Feminismos da Editora da Unicamp, a Consultoria Editorial da Revista Bagoas, Estudos Gays, gênero e sexualidades e o Conselho Consultivo da Maestría en Estudios de Familia da Universidad Nacional de San Martin (Buenos Aires). Tem atuado principalmente nos seguintes temas: gênero, memória, parentesco, sexualidade, turismo sexual, prostituição, migrações, tráfico internacional de pessoas, teoria feminista e teoria antropológica. É autora dos livros Jóias de Família, gênero e parentesco em grupos empresariais brasileiros vinculados a famílias, Editora da UFRJ, Rio de Janeiro, 2006 e Trânsitos, brasileiras nos mercados transnacionais do sexo, EDUERJ/CLAM, 2013.

Referências

“Atração Black”. Raça Brasil, n°2, p.68-71.

"Casais Mistos. Da cor do pecado". Raça Brasil, nº 1, p. 77.

“Linha de Frente”. Raça Brasil, nº 1, p.4

"O que as mulheres esperam dos homens?". Raça Brasil, nº 4, pp. 78-81.

Raça Brasil, n°2, pp-38-42.

Raça Brasil, nº 4, p.89-81; 85

Downloads

Publicado

2010-01-01

Como Citar

PISCITELLI, A. Comentário sobre a revista Raça Brasil. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 6/7, p. 303-306, 2010. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/1872. Acesso em: 26 nov. 2020.

Edição

Seção

Comentários

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>