Banner Portal
Diários de garotas francesas no século XIX: constituição e transgressão de um gênero literário
PDF

Palavras-chave

Diários femininos. Século XIX. Subjetividade

Como Citar

LEJEUNE, Philippe. Diários de garotas francesas no século XIX: constituição e transgressão de um gênero literário. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 8/9, p. 99–114, 2011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/1879. Acesso em: 21 maio. 2024.

Resumo

Resumo

 

O artigo oferece uma breve descrição de uma pesquisa centrada em Diários de Garotas Francesas. O texto discute problemas metodológicos relacionados com esse tipo de material, apoiando as possibilidades que ele abre, particularmente em lermos de explorar aspectos da subjetividade. Alguns dos diários analisados mostram a inversão da função da escrita, quando um método de adaptação torna-se um instrumento de emancipação, senão de contestação.

 

Abstract

 

This article gives an account of a research on young French girls' Diaries. The text discusses the methodological problems raised by this type of material pointing to the array of possibilities it opens, particulary in terms of exploring subjective aspects. Some of the Diaries show the inversion of the function of writing, when a method of adaptation becomes the instrument of emancipation, if not constestation.

PDF

Referências

HAMMERLE, Chirst (ed.). Plurality and Individuality. IFK MaterialienInternationales Forschungs Zeutruml Kulturwissenschaften, nº 2, 1995.

Le Moi des Demoiselles. Paris, Editora Du Seuil, 1993

Downloads

Não há dados estatísticos.