Banner Portal
Nos bastidores de Hollywood
Remoto

Como Citar

GÓIS, J. B. H. Nos bastidores de Hollywood. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 21, p. 335–342, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644625. Acesso em: 22 fev. 2024.

Resumo

O hoje já clássico trabalho de Vitor Russo, The closet celuloid: homosexuality in the movies1 , trouxe à tona a discussão sobre o local da homossexualidade nos filmes produzidos em Hollywood. Nele foram destacados aspectos essenciais do modo como gays, lésbicas e transgêneros eram apresentados à sociedade americana e platéias de cinema por todo o mundo: tipificados como estranhos ao universo social dos Estados Unidos, personagens homossexuais, por inúmeras décadas, quando apareciam, eram geralmente afeminados, mentalmente perturbados e fadados a fins trágicos. Essa caracterização contribuiu para o despertar de várias outras discussões sobre o papel do cinema na manutenção da invisibilidade homossexual, na reprodução de inúmeros preconceitos e no incentivo a homofobia, assim como possivelmente incentivou a tomada de ações por parte de grupos gays nos Estados Unidos e alhures, visando uma redefinição das imagens projetadas a nosso respeito.
Remoto

Downloads

Não há dados estatísticos.