O efeito do sexo: políticas de raça, gênero e miscigenação

Autores

  • Osmundo de Araújo Pinho Universidade Cândido Mendes

Palavras-chave:

Miscigenação. Reafricanização. Beleza Negra. Brau

Resumo

Este artigo propõe uma discussão das implicações políticas e teóricas da miscigenação como uma formação discursiva, que produz como seu centro a figura idealizada e essencializada do mestiço – mulata ou mulato. Em segundo lugar, toma o caso concreto da construção de duas figuras de gênero racializadas no ambiente da chamada reafricanização da cultura e da política em Salvador: o brau e a beleza negra. O primeiro, uma performance masculina hiper-sexualizada e agressiva, marcada por releituras juvenis vernáculas da “cultura” funk-soul; a segunda, um ideal de mulher e de beleza feminina, oscilante entre políticas de identidade e formas de subjetivação definidas pela relação com o mercado. Em ambos os casos, observa-se a encenação de uma crítica prática ao “regime de verdade” da miscigenação.

Abstract

This article discusses political and theoretical implications of miscegenation as a discursive formation, which engenders in its center the idealized character of the mestizo – mulatto. Secondly, it takes the concrete case of two racialized gender figures in the context of the so called re-Africanization of culture and politics in Salvador, Brazil: brau and black beauty. The first, a hypersexualized male performance, characterized by youth vernacular re-readings of the funk-soul “culture”, and the second, an ideal of woman and female beauty oscillating between identity politics and subjectification forms defined by the relationship with the consumer market. In both cases there is a game constructed from a practical critique of the “truth regime” of miscegenation.

Key Words: Miscegenation. Reafricanization. Black Beauty. Brau

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Osmundo de Araújo Pinho, Universidade Cândido Mendes

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1993), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1996) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2003). É Professor Adjunto IV no Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, campus de Cachoeira, no programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e no Mestrado Profissional em Historia da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas da mesma universidade. 

Downloads

Publicado

2016-03-31

Como Citar

PINHO, O. de A. O efeito do sexo: políticas de raça, gênero e miscigenação. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 23, p. 89–119, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644658. Acesso em: 28 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos