Banner Portal
Gênero e ciência: a carreira científica de Aída Hassón-Voloch
Remoto

Como Citar

AZEVEDO, Nara; CORTES, Bianca Antunes; FERREIRA, Luiz Otávio; SÁ, Magali Romero. Gênero e ciência: a carreira científica de Aída Hassón-Voloch. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 23, p. 355–387, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644669. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

Com o objetivo de identificar a presença e a contribuição acadêmica das mulheres cientistas, vis-à-vis a de seus colegas homens, na construção da história de três das mais importantes instituições de pesquisa localizadas na cidade do Rio de Janeiro – Instituto Oswaldo Cruz, Museu Nacional e o Instituto de Biofísica – iniciamos na Casa de Oswaldo Cruz a construção de um acervo de depoimentos que vêm sendo realizados ao longo do último ano. Em que pese o fato destas instituições se constituírem nos principais loci de institucionalização das ciências biológicas no país, pouco ou quase nada se sabe a respeito das cientistas mulheres que ali trabalharam, como se sua presença não tivesse deixado rastro nem registro, existindo apenas na memória de alguns contemporâneos.
Remoto

Downloads

Não há dados estatísticos.