Banner Portal
Jogos de gênero: o recreio numa escola de ensino fundamental
Remoto

Palavras-chave

Recreio Escolar. Brincadeiras. Relações de Gênero. Conflito

Como Citar

CRUZ, Tânia Mara Cruz; CARVALHO, Marília Pinto. Jogos de gênero: o recreio numa escola de ensino fundamental. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 26, p. 113–143, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644738. Acesso em: 20 jun. 2024.

Resumo

Baseado em pesquisa etnográfica realizada em 2001 numa escola pública de São Paulo, este artigo trata das relações de gênero entre crianças de 7 a 10 anos, especialmente durante os recreios. Focamos as interações conflituosas entre os sexos, buscando revelar as múltiplas nuances dos jogos de poder que ações aparentemente similares escondiam. Ao articular o conceito de conflito a significados simultaneamente lúdicos e de agressividade, passamos a compreendê-lo como “jogos de gênero”, um dos modos possíveis de sociabilidade nas relações entre meninos e meninas.

Abstract

Based upon an ethnographic study of children’s break time in a primary school in São Paulo, this article analyses the gender relations among children from 7 to 10 years old. We focus on the conflicting relationships between the sexes in an attempt to show the multiple forms of power play hidden behind apparently similar actions. By articulating the concept of conflict with simultaneous meanings of aggression and joking, we use the concept of “gender play” as one of the possible ways of sociability between boys and girls.

Key Words: Break Time.Play. Gender Relations. Conflict

Remoto

Downloads

Não há dados estatísticos.