Trabalho infantil em Franca: um laboratório das lutas sociais em defesa da criança e do adolescente

Autores

  • Elisiane Sartori Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Gênero. Trabalho Infantil. Políticas Públicas. Indústria de Calçados. Franca

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre o processo de conscientização e mobilização em torno do tema trabalho da criança, as lutas sociais no combate à sua eliminação e o processo de implementação de um dos programas mais atuantes na área – o IPEC (Programa Internacional de Eliminação do Trabalho Infantil). Através de um breve retrospecto histórico sobre a entrada do tema trabalho da criança na agenda nacional e internacional, descrevo a atuação dos atores sociais que fizeram parte da discussão e da criação de projetos e de programas de erradicação do trabalho infantil, discutindo a consolidação dos movimentos sociais em defesa das crianças e dos adolescentes. A análise das representações do trabalho infantil na família e no cotidiano das crianças e dos adolescentes está atravessada pela questão de gênero, observada nas falas das crianças e adolescentes, bem como de suas famílias.

Abstract

This paper proposes a reflection on the process of awareness gain and mobilization around the theme of child labor, the social struggles against the elimination of this practice, and the process of implementation of one of the most active programs in the area – the IPEC (International Programme on the Elimination of Child Labour). Through a brief retrospective history of the inclusion of the theme of child labor on both the national and international agendas, this work describes the performance of the social actors participating in the process of discussion and preparation of projects and programs for eradicating child labor. It also discusses the consolidation of the social movements engaged in defending (the rights of) children and adolescents. The analysis of the representations of child labor inside the family and in the daily routine of both children and adolescents is permeated by the gender issue, which is verified in the words of children, adolescents, and their families.

Key Words: Gender. Child Labour. Policy Public. Industry of Shoes. Franca

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisiane Sartori, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, mestrado em Economia Social e do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas (2000) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2008). Atualmente é professora universitária da Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba, do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza.Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Internacional e do Bem-Estar Social, atuando principalmente nos seguintes temas: mercado de trabalho, trabalho infantil, políticas públicas, proteção social e família e polítca social

Downloads

Publicado

2016-04-04

Como Citar

SARTORI, E. Trabalho infantil em Franca: um laboratório das lutas sociais em defesa da criança e do adolescente. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 26, p. 253–278, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644742. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê