Apresentação

  • Richard Miskolci Universidade Estadual de Campinas
  • Júlio Assis Simões Universidade de São Paulo

Resumo

Há muitas definições sobre o que seriam a teoria, os estudos, para não falar da política queer. O próprio termo queer não tem um único significado em inglês. Poderia ser traduzido como esquisito, estranho, excêntrico, anormal, como também por uma série de xingamentos dirigidos àqueles e àquelas que transgridem convenções de sexualidade e de gênero – expressões da linguagem comum que, conotando desonra, degeneração, pecado, perversão, delimitam o lugar social estigmatizado da homossexualidade e, por extensão, de tudo que venha representar alguma forma de desvio e ameaça à ordem social estabelecida. Se a linguagem do sexo é especialmente poderosa para expressar hierarquias e desigualdades sociais, essa força deve se tornar bem mais complexa e diversificada no cenário contemporâneo de “dispersão de sexualidades” de que fala Foucault. Desse modo, queer pode também designar alguém ou algo desestabilizador, num sentido mais amplo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Richard Miskolci, Universidade Estadual de Campinas
Richard Miskolci is a Brazilian sociologist. His work articulates Social Science's tradition with Subaltern Knowledges (Queer Theory, Post-Colonial Studies and Feminist Theory). He is an Associate Professor at the Department and the Graduate Program in Sociology at UFSCar (Federal University of São Carlos), Brazil. Miskolci is the leader of a Research Center (Quereres - Núcleo de Pesquisas em Diferenças, Gênero e Sexualidade) and also a researcher at Núcleo de Estudos de Gênero Pagu (UNICAMP).
Júlio Assis Simões, Universidade de São Paulo
Graduado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1980), mestre em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1990) e doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Desde 2001 é professor do Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. É pesquisador do NUMAS - Núcleo de Estudos dos Marcadores Sociais da Diferença, da USP. Bolsista em produtividade de pesquisa do CNPq (nível 2).

Referências

BUTLER, Judith. Undoing Gender. New York, Routledge, 2004.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade – A vontade de saber. Rio de Janeiro, Graal, 2005.

FRY, Peter. Para inglês ver. Identidade e política na cultura brasileira. Rio de Janeiro, Zahar, 1982.

GAMSON, Joshua. As sexualidades, a teoria queer e a pesquisa qualitativa. In: DENZIN, Norman et alii. O planejamento da pesquisa qualitativa. Teorias e abordagens. Porto Alegre, Artmed, 2006, pp.345-362.

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho. Ensaios sobre sexualidade e teoria queer. Belo Horizonte, Autêntica, 2004.

OCHOA, Marcia. Ciudadanía Perversa: divas, marginación, y participación en la “localización” In: MATO, Daniel. (ed.) Políticas de Ciudadanía y Sociedad Civil em Tiempos de Globalización. Caracas, FACES – Universidad Central de Venezuela, 2004, pp.239-256.

PEREIRA, Pedro Paulo Gomes. A teoria queer e a Reinvenção do Corpo.

cadernos pagu (27), Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu/Unicamp, 2006.

PERLONGHER, Nestor. O negócio do michê. A prostituição viril. São Paulo, Brasiliense, 2007 [1987].

PISCITELLI, Adriana. Comentário a “Tráfico Sexual: Entrevista de Gayle Rubin a Judith Butler”. cadernos pagu (21), Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu/Unicamp, 2003.

SANTOS, Rick e GARCIA, Wilton (orgs.) A escrita de Adé. Perspectivas teóricas dos estudos gays e lésbic@s no Brasil. São Paulo, Xamã: Nassau Community College/ State University of New York. 2002.

SEDGWICK, Eve Kosofsky. Between Men. English Literature and Male Homosocial Desire. New York, Columbia University Press, 1985.

SEIDMAN, Steven. Introduction. In: Queer theory/ Sociology. Cambridge, MA, Blackwell, 1996.

__________. Identity and politics in a “postmodern” gay culture. Some historical and conceptual notes. In: WARNER, M. (org.) Fear of a queer planet. Queer politics and social theory. Minneapolis, University of Minnesota Press, 1993, pp.105-142.

Publicado
2016-04-07
Como Citar
Miskolci, R., & Simões, J. A. (2016). Apresentação. Cadernos Pagu, (28), 9-18. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8644793
Seção
Dossiê