Alice dupla de Gertrude

  • Luís Felipe Sobral Universidade Estadual de Campinas

Resumo

Em primeiro plano e à direita, vê-se a mulher mais velha. Ela veste uma camisa de mangas longas abotoadas cujo colarinho está fechado por um pequeno adorno circular; sobre a camisa, repousa um largo colete, bordado com galhos, folhas, flores e pássaros, cuja extremidade inferior se encontra unida sob as mãos de sua dona, a direita sobre a esquerda; um pouco acima, vislumbra-se o início da longuíssima saia cujo fim a fotografia cortou. Devidamente ereta, ela enfrenta a câmera com o cabelo grisalho cortado curto, o vinco permanente entre as sobrancelhas, o canto esquerdo dos lábios finos repousado no esboço de um pequeno sorriso que não está lá e uma fonte de luz à sua esquerda a desenhar sombras em seu rosto. Em segundo plano e à esquerda, vê-se a mulher mais jovem. Ela veste um paletó com seus dois botões fechados e largas lapelas que emolduram um discreto laço branco; os braços, dispostos junto aos flancos, terminam em mãos cobertas por luvas pretas, onde começa a saia que cobre três quartos de suas pernas; os escuros cabelos à la garçonne, com uma franja que quase alcança os olhos, divide sua figura em duas seções, delimitadas ainda pelas mãos enluvadas e pelos lustrosos sapatos pretos, abertos sobre o peito do pé e providos de um pequeno salto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-04-14
Como Citar
Sobral, L. F. (2016). Alice dupla de Gertrude. Cadernos Pagu, (38), 425-432. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8645045
Seção
Resenhas