Banner Portal
O som do silêncio (Paul Simon)
Remoto

Como Citar

LEA, Vanessa R. O som do silêncio (Paul Simon). Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 41, p. 87–93, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8645095. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Em primeiro lugar quero abordar o relativo silêncio sobre a questão da sexualidade na etnologia indígena. Ao começar a abordar esse tema, na década de 1980, fui censurada por uma colega mais velha; argumentou que não se escreve sobre determinadas coisas. Em outras palavras, no mundo acadêmico se trata, em parte, de uma questão geracional. Sexualidade somente se tornou digno de discussão, na etnologia indígena amazônica, no fim do século XX (o livro de Gregor [1985] sendo pioneiro, além de Seeger [1981:cap.6]). Anteriormente sexualidade era trancada numa espécie de redoma da intimidade – sinônimo de privacidade
Remoto

Referências

BAMBERGER, Joan. The myth of matriarchy: why men rule in primitive society. In: ROSALDO, M. and LAMPHERE, L. (orgs.) Women, Culture and Society. L. Stanford, University Press, 1974.

BELLIER, Irène. Reflexions sur la question du genre dans les sociétés amazoniennes. L’Homme XXXIII nº 126-128, 1993, pp.517-526.

BOURDIEU, P. Outline of a theory of practice. Cambridge, Cambridge University Press, 1977.

CROCKER, W.H. e CROCKER, J. The Canela: Bonding through Kinship, Ritual, and Sex. Fort Worth, Harcourt Brace College Publishers, 1994.

DUMONT, Louis. Homo Hierarchicus. Paris, Gallimard, 1979 [1966].

__________. O Individualismo: Perspectiva Antropológica da Ideologia Moderna. Rio de Janeiro, Rocco, 1985.

GREGOR, T. Anxious Pleasures: The sexual lives of an Amazonian People.

Chicago, University of Chicago Press, 1985.

HÉRITIER, Françoise. Enciclopédia einaudi 20. Parentesco. ‘Parentesco’.

Lisboa, Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1989 [1979].

LÉVI-STRAUSS, Claude. A família. In: LÉVI-STRAUSS et al. A família como instituição. Porto, Rés, 1977, pp.5-43.

ROSCOE, W. Changing Ones: Third and Fourth Genders in Native North America. New York, St. Martin’s Griffin, 1998.

SEEGER, Anthony. Nature and Society in Central Brazil: The Suyá Indians of Mato Grosso. Cambridge MA.,Harvard Univ. Press, 1981.

WERNER, Dennis. Paid sex specialists among the Mekranoti. Journal of Anthropological Research 40 (3), 1985, pp.394-405

Downloads

Não há dados estatísticos.