Identidade e pertencimento: a dinâmica social de um grupo de mulheres no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul

  • Edi Fassini Centro Universitário Univates
Palavras-chave: Identidade. Percepção. Representação. Cultura. Pertencimento

Resumo

O artigo discute os resultados da pesquisa que enfoca as percepções de um grupo de mulheres que formam a rede social conhecida como “Clube de Mães”. Essa rede é de ocorrência comum em toda a região do Vale do rio Taquari. A investigação foi realizada a partir de uma perspectiva etnográfica, priorizando a convivência com o grupo nas suas experiências coletivas. Foram realizadas entrevistas com todas as integrantes do grupo em suas residências. As entrevistas partiram de questões abertas. Dada a complexidade que envolve temática tão subjetiva, o trabalho apresenta um arcabouço teórico acerca da conceituação de identidade, cultura e pertencimento, como ancoragem para a análise. O texto apresenta descrição densa, envolvendo situações cotidianas, cujos sentidos são apreendidos pelo pesquisador que as narra e interpreta a partir de sua experiência e do contexto local-cultural dos investigados.

Abstract

The paper discusses the results of research that focuses on the perceptions of a women group who form the social network known as Mothers Club. This network is a common occurrence throughout the Taquari river’s Valley region. The research was conducted from an ethnographic perspective, prioritizing the coexistence with the group on their collective experiences. Interviews were conducted with all members of the group and in their homes. The interviews began from open questions. According to the complexity that involves so subjective thematic, the paper presents a theoretical framework about the conception of identity, culture and belonging, such as anchorage for analysis. The text presents thick description, involving daily situations, whose senses are apprehended by the researcher who narrates and interprets from his experience and the cultural-local context of investigated.

Key Words: Identity, Perception, Representation, Culture, Belonging.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edi Fassini, Centro Universitário Univates
Possui graduação em Letras - Hab. em Português-Inglês e Respect. Liter pela Faculdade de Educação Ciências e Letras da Região dos Vinhedos(1985), especialização em Ensino da Língua Portuguesa e Literat. Brasileira pela Faculdade de Educação Ciências e Letras da Região dos Vinhedos(1989) e especialização em Gestão Universitária pelo Centro Universitário Univates(2004). Atualmente é Professora do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretária Municipal do Município de Imigrante e Professora do Centro Universitário Univates. Tem experiência na área de Educação.

Referências

ARENDT, H. A condição humana. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 2007.

BANDEIRA, P. Participação, articulação de atores sociais e desenvolvimento regional. Brasília, IPEA, 1999.

BARTH, F. Grupos Étnicos e suas fronteiras. In: POUTIGNAT, P. Teorias da etnicidade. São Paulo, UNESP, 1998.

BAUMAN, Z. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Ed., 2001.

__________. Medo e Confiança na Cidade. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Ed., 2009.

BERTO, V. F. Amélia é quem era mulher de verdade? Um estudo acerca das relações de gênero, representações e violência simbólica no cotidiano das comunidades de bairro de Marília, SP (1980-2004).

São Paulo, UNESP, 2006.

BOFF, L. Saber Cuidar: ética do humano – compaixão pela terra.

Petrópolis, Rio de Janeiro, Vozes, 1999.

______. Ecologia: grito da terra, grito dos pobres. Rio de Janeiro, Sextante, 2004.

BOISIER, S. El difícil arte de hacer Región. Las regiones como actores territoriales del nuevo orden internacional (Conceptos, problemas y métodos). Peru, Centro de Estudios Regionales Andinos “Bartolomé de las Casas”, 1992.

______. Hay espacio para el desarollo local in globalizacion? Revista da Cepal, 2005. Disponível em: http://www.eclac.org/publicaciones/xml/1/22211/G2282eBoisier.pdf.

BOURDIEU, P. Escritos de Educação. Rio de Janeiro, Editora Vozes, 1998.

__________. A Distinção: Crítica Social do Julgamento. Porto Alegre, Zouk, 2007.

BOSI, A. Cultura como Tradição. Cultura Brasileira: Tradição/Contradição. Rio de Janeiro, Jorge Zahar/Funarte, 1987.

BRASIL. Secretaria de Ensino Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais. Meio Ambiente e Saúde. Ministério da Educação, 1997.

BRIGGS, J; PEAT, D. A. Sabedoria do Caos: Sete Lições que vão mudar a sua Vida. Rio de Janeiro, Campus, 2000.

CAPRA, F. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. São Paulo, Cultrix, 2006.

CARVALHO, I. C. M. A invenção do sujeito ecológico: identidade e Subjetividade na Formação de Educadores Ambientais. Porto Alegre, Artmed, 2005.

CARVALHO, J. M. Cidadania no Brasil: O longo caminho. Rio de Janeiro, RJ, Civilização Brasileira, 2004.

CASTRO, L. R. Aventura urbana. Rio de Janeiro, 7 Letras, 2004.

CUCHE, D. A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru, SP, EDUSC, 2002.

DEERE, C. D. O empoderamento da mulher: direitos à terra e direitos de propriedade na América Latina. Porto Alegre, Editora da UFRGS, 2002.

FASSINI, E. Identidade individual e coletiva: percepções e representações das mulheres na sua participação em um Clube de Mães no Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado, Centro Universitário UNIVATES, Lajeado, 2010.

FINO, C. N. A Etnografia enquanto método: um modo de entender as culturas (escolares) locais. Portugal, Universidade da Madeira, 2007.

Disponível em: http://www3.uma.pt/carlosfino/publicacoes/22.pdf.

GADAMER, H. J. Verdade e método. Petrópolis, RJ, Vozes, 1998.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro, Guanabarra Koogan,1989.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Atlas, 2006.

HABERMAS, J. Conhecimento e Interesse. BENJAMIN, W.; HORKHEIMER, M.; ADORNO, T. W.; HABERMAS, J. Os Pensadores. São Paulo, Abril Cultural, 1980.

__________. O discurso filosófico da modernidade: doze lições. São Paulo, Martins Fontes, 2000.

HALL, S. A identidade cultural na pós modernidade. Rio de Janeiro, DP&A, 2004.

HESSEL, L. Município de Imigrante – Registros e Memórias. Porto Alegre, Edições EST, 1998.

IANNI, O. A Era do Globalismo. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1996.

LEFF, E. Saber ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. Petrópolis, Ed. Vozes, 2001.

MAIA, G. F., PERURENA, F. C. V. Corpo, Velhice e Saúde: formas de viver e ser na velhice. Fazendo gênero 8, corpo violência e poder.

Florianópolis, UFSC, 2008. Disponível em: http://www.fazendogenero.ufsc.br/8/sts/ST47/Maia-Perurena_47.pdf.

Acesso em: dez 2009.

MINAYO, M. C. S.; COIMBRA, C. E. A. Antropologia, Saúde e Envelhecimento. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2001.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo, HUCITEC, 2004.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Cultura popular e educação. Salto para o futuro. Brasília, 2008.

MORAES, R. Análise de Conteúdo. Revista Educação vol. 22, nº 37, Porto Alegre, 1999, pp.7-32.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo, Cortez, 2001.

__________. A Cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 2009.

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigação em psicologia social.

Petrópolis, Vozes, 2004.

NEVES, V. F. A. Pesquisa-Ação e Etnografia: caminhos cruzados.

Pesquisas e Práticas Psicossociais, v.1, São João Del-Rei, MG, 2006.

PÉREZ, B. C. et al. Cidadania e participação social: um estudo com crianças no Rio de Janeiro. Psicologia & Sociedade vol. 20, nº 2, Rio de Janeiro, UFRJ, 2008, pp.181-191.

PLASTINO, V. V. Dança com Hora Marcada: uma etnografia da atração social em bailes de salão no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, UFRJ, 2006.

PUTNAM, R. D. Comunidade e Democracia: a experiência da Itália moderna. Rio de Janeiro, Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1996.

SACHS, I. Sociedade, Cultura e Meio Ambiente. Mundo & Vida, vol. 2, ano 1, 2000, pp.7-13.

SANTOS, M. F. S. Representação social e identidade. In: MOREIRA, A. S.

P.; OLIVEIRA, D. C. (Orgs.) Estudos Interdisciplinares de Representações Sociais. Goiânia, Edições AB, 1998, pp.151-159.

SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. Porto, Portugal, Edições Afrontamento, 1987.

______. Globalização: fatalidade ou utopia? Porto, Portugal, Edições Afrontamento: 2001.

______. Para um novo senso comum: a ciência, o direito e a política na transição paradigmáticaSão Paulo, Cortez, 2001.

______. Pela mão de Alice: o social e o político na pós modernidade.

São Paulo, Cortez, 2001.

______. A globalização e as ciências sociais. São Paulo, Cortez, 2002.

______. O Fórum Social Mundial: manual de uso. São Paulo, Cortez Editora, 2005.

______. Renovar a teoria crítica ou reinventar a emancipação social. São Paulo, Boitempo, 2007.

SENNETT, R. O Artífice. Rio de Janeiro, Record, 2009.

SILVA, R. M. C. (Org). Cultura Popular e Educação. Brasília, Salto para o Futuro, 2008.

SILVEIRA, A. C. M; RONSINI, V. M. Representação e Identidade: três estudos em comunicação. Santa Maria, RS, FACOS-FIPE-UFSM, 2001.

SOFFIATI, A. Fundamentos filosóficos e históricos para o exercício da ecocidadania e ecoeducação. In: LOUREIRO, Carlos F. B, LAYRARGUES Philipe P. e CASTRO, Ronaldo S. (orgs). Educação ambiental repensando o espaço da cidadania. São Paulo, Cortez, 2005, pp.23-67.

THOMPSON, P. A voz do passado: história oral. Rio de Janeiro, Paz e Terra. 1998.

VEIGA, J. E. Destinos da ruralidade no processo de globalização. Estudos Avançados, vol. 18, nº 51, São Paulo, 2004, pp.51-67.

VILLASANTE, T. R.; GARRIDO, F. G. Reflexividades sócio-praxicas: esquemas metodológicos participativos. In: VILLASANTE, T. R.; GARRIDO, F. G. Metodologías y Presupuestos Participativos, Madri, Iepala Editorial, 2002, pp.43-76.

VILLASANTE, T. R. Redes e Alternativas – Estratégias e estilos criativos na complexidade social. Petrópolis, Vozes, 2002.

Publicado
2016-04-15
Como Citar
Fassini, E. (2016). Identidade e pertencimento: a dinâmica social de um grupo de mulheres no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. Cadernos Pagu, (41), 405-433. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8645106