“Utopias” institucionais antidiscriminação. As ambiguidades do direito e da política no debate feminista brasileiro

  • José Rodrigo Rodriguez UNISINOS
Palavras-chave: Feminismo. Direito penal. Política. Utopia.

Resumo

A literatura feminista brasileira tem debatido uma série de problemas relacionados ao direito, em especial, o sentido e os limites do direito penal. O objetivo deste texto é reconstruir tais debates a partir de alguns textos-chave com o objetivo de identificar os principais problemas enfrentados por eles e abrir novas perspectivas para a análise teórica e para a prática política

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Rodrigo Rodriguez, UNISINOS
Professor de Mestrado e Doutorado em Direito da UNISINOS e Pesquisador Permanente do CEBRAP, São Leopoldo, RS, Brasil.
Publicado
2016-04-27
Como Citar
Rodriguez, J. R. (2016). “Utopias” institucionais antidiscriminação. As ambiguidades do direito e da política no debate feminista brasileiro. Cadernos Pagu, (45), 297-329. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8645219