A educação do corpo feminino no Correio da Manhã (1901-1974): magreza, bom gosto e envelhecimento

  • Raquel Discini Campos Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Correio da Manhã. Corpo feminino. Gênero. História da educação

Resumo

Este trabalho se insere nas fronteiras dos estudos de gênero, história social da imprensa e história da educação. Discute o papel desempenhado pelo impresso carioca Correio da Manhã (1901- 1970), um dos mais expressivos periódicos brasileiros em circulação no século XX, na educação das mulheres do período. Enfatiza, em especial, os anos de 1930, destacando os ensinamentos relativos à aquisição do bom gosto feminino, o que, naquele tempo, passou a ser sinônimo de esbeltez e juventude.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Discini Campos, Universidade Federal de Uberlândia
Professora dos Programas de Pós-Graduação em Educação e Comunicação, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil.

Referências

ALVES, Márcio Moreira. O mais influente do Brasil. In: RIO DE JANEIRO (cidade). Secretaria Especial da Comunicação Social. Correio da Manhã: compromisso com a verdade. Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/Secretaria Especial da Comunicação Social, 2002, pp.48-50. Cadernos da Comunicação. Série Memória. [http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/cadernos_comunicacao/memori a/memoria1.pdf – acesso em: 15 nov. 2013].

ATALA, Fuad. Evocação sem nostalgia. In: RIO DE JANEIRO (cidade). Secretaria Especial da Comunicação Social. Correio da Manhã: compromisso com a verdade. Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/Secretaria Especial da Comunicação Social, 2002, pp.39-41. Cadernos da Comunicação. Série Memória [http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/cadernos_comunicacao/memori a/memoria1.pdf – acesso em: 15 nov. 2013].

BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo, Edusp/Porto Alegre, Zouk, 2008.

BRAVO, Luiz. Faculdade sem vestibular. In: RIO DE JANEIRO (cidade). Secretaria Especial da Comunicação Social. Correio da Manhã: compromisso com a verdade. Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/Secretaria Especial da Comunicação Social, 2002, pp.69-71. Cadernos da Comunicação. Série Memória [http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/cadernos_comunicacao/memori a/memoria1.pdf – acesso em: 15 nov. 2013].

BUITONI, Dulcília. Mulher de papel: a representação da mulher pela imprensa feminina brasileira. São Paulo, Summus, 2009.

CASTRO, Ruy. Para o Correio da Manhã, com uma lágrima. Observatório da Imprensa [http://www.observatoriodaimprensa.com.br/circo/cir130620013.htm – acesso em 7 jul. 2010].

CHARTIER, Roger (org.). Práticas de Leitura. São Paulo, Estação Liberdade, 1996. CONY, Carlos Heitor. Da necessidade de falar bem. In: RIO DE JANEIRO (cidade). Secretaria Especial da Comunicação Social. Correio da Manhã: compromisso com a verdade. Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/Secretaria Especial da Comunicação Social, 2002, pp.42-44. Cadernos da Comunicação. Série Memória http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/cadernos_comunicacao/memori a/memoria1.pdf – acesso em: 03 dez. 2013].

GURJAN, Fernanda. Vamos falar de mulheres? In: RIO DE JANEIRO (cidade). Secretaria Especial da Comunicação Social. Correio da Manhã: compromisso com a verdade. Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/Secretaria Especial da Comunicação Social, 2002, pp.55-57. Cadernos da Comunicação. Série Memória [http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/cadernos_comunicacao/memori a/memoria1.pdf – acesso em: 15 nov. 2013].

LIPOVETSKY, Gilles. A terceira mulher. São Paulo, Cia das Letras, 2007.

LUCA, Tânia Regina. Mulher em revista. In: PEDRO; PINSKY (org). Nova História das mulheres. São Paulo, Contexto, 2012, pp.447-469.

NEIVA, Renata Maria de Oliveira; CAMPOS, Raquel Discini de. A Feira de Utilidades de Clarice Lispector/Helen Palmer e a educação das mulheres no Correio da Manhã (1959/1961). Cadernos de História da Educação, Uberlândia, vol. 13, nº 2, 2014, pp.725-747.

O ESPELHO de Amélia: a feira de Helen Palmer no Correio da Manhã. Direção de Renata Neiva. Coordenação de Raquel Discini de Campos. Intérprete: Maria de Maria. Roteiro: Renata Neiva. Uberlândia, 2014. (27 min.), DVD, color. Documentário acadêmico, sem fins lucrativos. Programa de Pós-Graduação em Tecnologias, Comunicação e Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia.

PEDRO, Joana Maria. O feminismo de segunda onda: corpo, prazer e trabalho. In: PEDRO; PINSKY (org). Nova História das mulheres. São Paulo, Contexto, 2012, pp.238-259.

PERROT, Michelle (org). Os atores. História da Vida Privada, vol. 4. São Paulo, Cia das Letras, 1992.

______. Minha história das mulheres. São Paulo, Contexto, 2007. PINTO, Céli Regina Jardim. Uma história do feminismo no Brasil. São Paulo, Perseu Abramo, 2003.

RAGO, Margareth. Do cabaré ao lar: a utopia da cidade disciplinar. Brasil 1890-1930. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1997.

SANT’ANNA, Denise Bernuzzi. Cuidados de si e embelezamento feminino: fragmentos para uma história do corpo no Brasil. In: SANT’ANNA (org). Políticas do corpo. São Paulo, Estação Liberdade, 2005, pp.121-140.

______. Sempre bela. In: PEDRO; PINSKY (org). Nova História das mulheres. São Paulo, Contexto, 2012, pp.105-125.

SCHPUN, Mônica Raisa. Beleza em jogo: cultura física e comportamento em São Paulo nos anos 20. São Paulo, Boitempo, 1997.

SOIHET, Rachel. Bertha Lutz e a ascensão social da mulher. Dissertação de Mestrado – História, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 1974.

SOUZA, Luiz Carlos. Escola de jornalismo e de vida. In: RIO DE JANEIRO (cidade). Secretaria Especial da Comunicação Social. Correio da Manhã: compromisso com a verdade. Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/Secretaria Especial da Comunicação Social, 2002, pp.72-74. Cadernos da Comunicação. Série Memória [http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/cadernos_comunicacao/memori a/memoria1.pdf – acesso em 15 nov. 2013].

TEODORO, Laura Máximo; NEIVA, Renata de Oliveira. Envelhecimento no Correio da Manhã: de 1920 a 1960. Anagrama: Revista Científica Interdisciplinar da Graduação, Brasil, vol. 9, nº 2, 2015, pp.1-16 [http://www.revistas.univerciencia.org/index.php/anagrama/article/vie w/8872 – acesso em: 24 set. 2015.

VIGARELLO, Georges. História da beleza: o corpo e a arte de se embelezar, do Renascimento aos dias de hoje. Rio de Janeiro, Ediouro, 2006.

______. Treinar. In: COURTINE; VIGARELLO (org). História do corpo: as mutações do olhar: o século XX. Rio de Janeiro, Vozes, 2009, pp.197-250.

Fontes

ASTARTE. Os dez mandamentos da mulher bonita. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, Correio Feminino, p.3, 19 jan. 1936. EM defesa da beleza. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, Correio Feminino, p.6, 14 ago. 1937.

EVA. A belleza das formas. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, Supplemento Feminino, p.4, 28 maio 1933.

MADAME Jacqueline. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, Correio Feminino, p.4, 24 fev. 1935.

REGIMEN para emmagrecer. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, Correio Feminino, p.3, 14 ago. 1937.

KAY. Em defesa da Bellleza. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, Correio Feminino, p.3, 23 jun 1935.

UM novo tractamento para emagrecer pelo Dr. Pires – com pratica nos hospitaes de Paris, Berlim e Vienna. Correio da Manhã, Supplemento Feminino, p.4, Rio de Janeiro, 13 set. 1936

Publicado
2016-04-27
Como Citar
Campos, R. D. (2016). A educação do corpo feminino no Correio da Manhã (1901-1974): magreza, bom gosto e envelhecimento. Cadernos Pagu, (45), 457-478. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8645279