Banner Portal
A onda quebrada - evangélicos e conservadorismo
PDF

Palavras-chave

Evangélicos. Conservadorismo. Religião. Política. Bancada evangélica.

Como Citar

ALMEIDA, R. de. A onda quebrada - evangélicos e conservadorismo. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 50, 2017. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8650718. Acesso em: 5 mar. 2024.

Resumo

Este artigo pretende compreender a conjuntura político-religiosa contemporânea no Brasil com um duplo enfoque: por um lado, na atuação e nos valores políticos dos evangélicos mais visíveis na cena nacional e, por outro, no conservadorismo crescente no país. O argumento é que parcela desses religiosos está articulada a linhas de força em diferentes dimensões (econômica, moral, securitária e interacional) do processo social em curso no país e que configuram o que tem sido denominado com relativa imprecisão de “onda conservadora”.
PDF

Referências

ALENCAR, Gedeon F. Matriz Pentecostal Brasileira: Assembleias de Deus (1911-2011), Rio de Janeiro, Novos Diálogos, 2013.

ALMEIDA, Ronaldo de. Dez anos do “chute na santa: a intolerância com a diferença. In: SILVA, Vagner Gonçalves da (org.). Intolerância religiosa: impactos do neopentecostalismo no campo religioso afrobrasileiro. São Paulo, Edusp, 2007, pp.171-189.

ALMEIDA, Ronaldo de. A Igreja Universal e seus demônios. São Paulo, Terceiro Nome, 2009.

ALMEIDA, Ronaldo de. “A visita de Francisco e a abertura do compasso” In: Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, out, 2013.

BASTIDE, Roger. Religiões Africanas no Brasil: contribuição a uma sociologia das interpenetrações de civilizações. São Paulo, Livraria Pioneira Editora, vol. I e II, 1971.

BUTLER, Judith. O não pensamento em nome do não normativo. In: Quadros de guerra: quando a vida é passível de luto?, Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2015, pp.197-232.

CASANOVA, José. Public Religious in the Modern World, Chicago e London, University of Chicago Press, 1994.

CORREA, Marina. A operação do carisma e o exercício do poder: a lógica dos missionários das igrejas Assembleias de Deus no Brasil. Tese (Doutorado em Ciência da Religião), PUC/SP, São Paulo, 2012.

FERNANDES, R., et alii. Novo Nascimento: os evangélicos em casa, na política e na igreja. Rio de Janeiro, Mauad, 1998.

FONSECA, Alexandre B. Religion and democracy in Brazil: a study of the leading evangelical politicians. In: FRESTON, Paul (org.). Evangelical Christianity and Democracy in Latin America. Oxford, Oxford University Press, vol. 1, 2008, pp.163-206.

FRESTON, Paul. Breve história da Assembleia de Deus. Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, vol. 16, nº 3, 1994, pp.104-129. cadernos pagu (50), 2017:e175001 Ronaldo de Almeida

FRESTON, Paul. Evangelicals and Politics in Asia, Africa and Latin America. Cambridge, Cambridge University Press, 2004.

GONÇALVES, Rafael Bruno. O discurso religioso na política e a política no discurso religioso: uma análise da atuação da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara dos Deputados (2003-2014). Tese (Doutorado em Sociologia), IESP, Rio de Janeiro, 2016.

GUTIERREZ, Carlos. Reflexividade evangélica a partir da produção crítica e construção de projetos de vida na Igreja Universal do reino de Deus. Tese (Doutorado em Antropologia Social), Unicamp, Cmapinas, 2017.

HOLANDA, Sérgio Buarque. Raízes do Brasil, São Paulo, Companhia da Letras, 2006.

LIMONGI, Fernando. O passaporte de Cunha e o Impeachment: a crônica de uma tragédia anunciada. Novos Estudos, vol. 103, São Paulo, Cebrap, 2015, p.99-112.

MACHADO, Maria das Dores C. Política e Religião: A participação dos evangélicos nas eleições. Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas, 2006. v. 1.

MAFRA, Clara. Os Evangélicos. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2001.

MARIANO, Ricardo. Expansão e ativismo político de grupos evangélicos conservadores Secularização e pluralismo em debate. Civitas: Revista de Ciências Sociais, vol. 16, 2016, pp.710-728.

ORO, Ari Pedro; ALVES, D. Renovação Carismática Católica e Pentecostalismo Evangélico: convergências e divergências. Debates do NER, vol. 30, Porto Alegre, UFRGS, 2016, pp.219-245.

ORO, Ari Pedro. As bases da nova direita. Novos Estudos nº19, CEBRAP, São Paulo, 1987, pp.26-45.

TROELTSCH, Ernest. Igreja e seitas. Religião & Sociedade, vol. 14, nº 3, Rio de Janeiro, Iser, 1987, 134-144.

WILLENS, Emilio. Followers of the New Faith: Culture Change and the Rise of Protestantism in Brazil and Chile. Vanderbilt University Press, 1967.

Downloads

Não há dados estatísticos.