Banner Portal
Meninas negras e política
PDF

Palavras-chave

Menina negra
Representatividade política
Educação para cidadania
Racismo institucional

Como Citar

SILVA, Otavio Henrique Ferreira da; CAETANO, Rafaelle Stéphanie Oliveira; NANÔ, João Paulo Lisbão. Meninas negras e política: combatendo o racismo e fomentado a participação delas no espaço público. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 58, p. e205811, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8664344. Acesso em: 17 abr. 2024.

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar o papel da intervenção pedagógica do Programa Escola Cidadã no empoderamento das meninas-mulheres negras de comunidades escolares da cidade de Ibirité-MG. Para isso, foram entrevistadas 11 meninas negras participantes do Programa. Diante do cenário de baixa representatividade da mulher negra na política, verifica-se que o Escola Cidadã além de contribuir para a ampliação do protagonismo das meninas e mulheres negras, tem oportunizado um ensaio da atuação parlamentar para uma ocupação futura dos espaços de poder representativo.

 

PDF

Referências

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 2. ed. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 2002, 160pp.

BRASIL. Lei 9.504, de 30 de setembro de 1997- Lei das Eleições. 1997. Brasília [http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9504.htm - acesso em 23 de setembro de 2018].

BRASIL. Lei n.º 12.034, de 29 de setembro de 2009: Altera as Leis nos 9.096, de 19 de setembro de 1995 - Lei dos Partidos Políticos, 9.504, de 30 de setembro de 1997, que estabelece normas para as eleições, e 4.737, de 15 de julho de 1965 - Código Eleitoral. Brasília, 2009 [http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007- 2010/2009/Lei/L12034.htm - acesso em 23 de setembro de 2018].

GOUVÊA, Maria Cristina Soares. “Educação infantil e relações raciais: a história de Ruby Bridge”. Pensar a Educação em Pauta. Belo Horizonte, 2017. [http://pensaraeducacao.com.br/pensaraeducacaoempauta/educacaoinfantil-e-relacoes-raciais-a-historia-de-ruby-bridges-exclusivo - acesso em 28 setembro de 2018].

IBIRITÉ. Projeto: Escola Cidadã. Ibirité, 2018, Projeto Escola Cidadã, 14pp.

INSTITUTO Brasileiro De Geografia E Estatística. 2010. Censo demográfico 2010. Rio de Janeiro, 2010 [https://sidra.ibge.gov.br/tabela/3175#resultado - acesso em 23 set. 2018].

MACEDO, Ana Raquel. Homens brancos representam 80% dos eleitos para a Câmara. Brasília, 2014 [http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/47568 4-HOMENS-BRANCOS-REPRESENTAM-71-DOS-ELEITOS-PARAA-CAMARA.html - acesso em 23 setembro de 2018].

PONTE, Gina Viera.; FÉLIX, Joana D´arc. Entrevista: Gina Vieira Ponte e Joana D´arc Félix. Conversa com Bial. Entrevista concedida a Pedro Bial. Rio de Janeiro, 2017 [http://bit.ly/2wV0E7a - acesso 29 set. 2018].

SECRETARIA De Políticas De Promoção Da Igualdade Racial. 2013.A participação das mulheres negras nos espaços de poder. Brasília, 2013 [http://www.seppir.gov.br/central-deconteudos/publicacoes/pub-acoes-afirmativas/a-participacao-dasmulheres-negras-nos-espacos-de-poder - acesso em 23 setembro de 2018].

SILVA, O. H. F.; NANÔ, J. P. L.; SILVA, D. B. R. (Orgs.). A garotada ocupando a representação política. Ibirité: Editora Escola Cidadã, 2018, 144pp.

SILVA, O. H. F.; SILVA, D. B. R.; CAETANO, R. S. O. (Orgs.). De Ibirité a Brasília: itinerários de uma educação transformadora. Ibirité: Editora Escola Cidadã, 2018, 190pp.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Cadernos Pagu

Downloads

Não há dados estatísticos.